*

*

No Orient Cineplace

No Orient Cineplace
13h20 - 15h50 - 16h30 - 18h20 - 19 - 21h30 (Dub) - 20h50 (Leg)

Rede Orient - 14 de dezembro

Rede Orient - 14 de dezembro
Orient Cineplace Boulevard - 15 - 18 (Dub) - 21 (Leg)

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

'"Lista Negra' federal tem 17 mil empresas e ongs"



O governo federal mantém dois cadastros com 16.954 empresas e entidades sem fins lucrativos (ONGs) proibidas de firmar contratos com o poder público porque se envolveram em algum tipo de falcatrua, em negócios anteriores. O Cadastro de Empresas Inidôneas e Suspensas (Ceis) tem 12.296 registros de empresas que cometeram algum crime. A outra lista tem 4.658 ONGs impedidas de receber dinheiro público.
Para herdeiros
Duas empresas, Conservo Brasília e Expresso 21, foram acusadas de burlar a lei, no Paraná. São consideradas inidôneas até 2100.
Lucro escondido
Um dos principais motivos para o impedimento de as ongs receberem dinheiro público é a gritante irregularidade na prestação de contas.
Grandes impunes
Outra lista, baseada na Lei Anticorrupção, apesar de revelações diárias de crimes, tem apenas nove registros, seis de microempresas.
Fonte: Cláudio Humberto

Um comentário:

Anônimo disse...

Pense nisso. Tem um problema, crià-se uma ONG,p egam dinheiro publico e fazem propaganda que vão resolver o problema. Mas não fazem nada só pseudos atendimentos. Se resolvessem o tal problema acabaria com a ONG. Moral da história. Tudo falsidade ideologica para enganar o povo, o governo e a midia. Acabem com as Ongs e não vamos sentir nenhuma diferança. Mostre me uma Ong que ressolveu um problema e foi fechada...
Joel