*

*

No Orient Cineplace - segunda semana

No Orient Cineplace - segunda semana
13h30 - 16 - 18h30 - 21 (Dub) - 15h30 - 20h20 (Leg)

Rede Orient - 14 de dezembro

Rede Orient - 14 de dezembro
Orient Cineplace Boulevard - 15 - 18 (Dub) - 21 (Leg)

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

2017 e o Mistério dos Jubileus



Por Lamartine Posella
Não gosto de marcar datas para a VOLTA DE CRISTO, até porque as Escrituras advertem claramente para que não se faça isso, mas é evidente que Deus nos dá sinais da sua vinda.
"Contarás sete semanas de anos, sete vezes sete anos, de maneira que os dias das sete semanas de anos te serão quarenta e nove anos. Então, no mês sétimo, aos dez do mês, farás passar a trombeta vibrante; no Dia da Expiação, fareis passar a trombeta por toda a vossa terra. Santificareis o ano quinquagésimo e proclamareis liberdade na terra a todos os seus moradores; ano de jubileu vos será, e tornareis, cada um à sua possessão, e cada um à sua família. O ano quinquagésimo vos será jubileu; não semeareis, nem segareis o que nele nascer de si mesmo, nem nele colhereis as uvas das vinhas não podadas. Porque é jubileu, santo será para vós outros; o produto do campo comereis. Neste Ano do Jubileu, tornareis cada um à sua possessão." Levítico 25: 8-13
Muito tem se falado sobre o ano de 2017. Alguns até ousam afirmar que algo muito grande vai acontecer no dia 23 de setembro desse ano. Quanto a isso, aguardem a mensagem que em breve pregarei. Não quero ser dogmático, mas creio que há um mistério muito grande envolvendo os ciclos de jubileu. Escrevo esse texto com o objetivo de chamá-los ao arrependimento, e a uma vida de consagração para Deus. Por isso, peço que leiam e compartilhem com todos quantos puderem essa mensagem tão importante!
Antes de falar propriamente sobre os eventos importantes que aconteceram nos anos jubileus, inicio falando um pouco sobre o seu significado.
– O ano do jubileu inicia com o toque do Shofar, no dia da Expiação.
– Por isso, jubileu nos remonta primeiramente para a alegria: "júbilo" vem de jubileu.
– O jubileu sempre era estabelecido a partir do dia do Perdão (Yom Kippur), significando o perdão de Deus para os pecados do povo.
– O jubileu trazia liberdade na Terra para todos os seus moradores.
– O jubileu trazia a família de volta, e restituía as posses aos donos originais.
– O jubileu fala da Graça. Era ano de descanso. Não deviam semear nem colher. Deviam comer do que a terra produziria. Isso alude à salvação pela graça e não pelas obras.
Pois bem, ainda que para muitos o jubileu se refira somente ao povo judeu, eu tenho convicção de que Deus estabelece os ciclos dos jubileus para tratar com toda a humanidade na história.
Na mensagem de hoje quero pontuar os jubileus com três grupos que são protagonistas nos nossos dias, e nos tempos do fim: judeus, muçulmanos e cristãos.
I - 1517
1 - Para judeus: foi o ano em que Suleiman o Magnifico, o Califa do Islã, e sultão do Império Otomano tomou Jerusalém em 1517.
2 - Para muçulmanos: foi o ano em que o Império Otomano se levantou. Perdurou 400 anos.
3 - Para cristãos: Foi o ano da Reforma de Lutero: Ano em que o movimento que revolucionou o mundo começou. Foi com a Reforma Protestante que se proclamou a salvação pela fé, e a autoridade das Escrituras.
II - 1917- O ano da declaração Balfour.
– Em 2 de novembro de 1917, o então secretário britânico dos Assuntos Estrangeiros, Arthur James Balfour, dirigiu ao líder da comunidade judaica do Reino Unido, o Barão Rothschild, uma carta que deveria ser transmitida à Federação Sionista da Grã-Bretanha.
– Essa foi a primeira declaração oficial emitida por uma potência a favor da criação de um lar para o povo de Israel.
– Foi, também, o ano em que Jerusalém deixou de estar debaixo do império Otomano e passou a estar debaixo do domínio inglês.
2 - Para muçulmanos
a - Perdem o domínio da Palestina.
b - Chega ao fim o Império Otomano.
c - Chega ao fim o poder do Califado Muçulmano.
3 - Para cristãos
a - O massacre contra os Armênios pelos Turcos (1915-1917).
b - A Revolução Russa acontece. Nasce o império que se levantou contra a fé, que foi responsável pela morte de milhões de pessoas, e que tolheu a liberdade de milhões. Seus tentáculos permanecem até hoje influenciando a visão cosmológica de muitos, incluindo até mesmo cristãos professos.
III - 1967
1 - Para judeus: o ano em que Deus salvou Israel milagrosamente das mãos dos seus inimigos, e devolveu Jerusalém para o povo judeu.
2 - Para muçulmanos: perderam o controle sobre a cidade de Jerusalém, mas mantiveram o controle sobre o Monte do Templo.
3 - Para cristãos: o ano em que começou o movimento carismático na Igreja Católica.
– Milhões começaram a ter sede pela palavra de Deus, pelo mover do Espírito Santo; movimento esse que ainda perdura na Igreja Romana.
IV - 2017
1 - Para judeus: O ano em que a profecia dos 10 Jubileus do Rabbi Judah Ben Samuel termina.
– O Rabbi Judah Ben Samuel (1140-1217) foi um lendário rabino alemão que fez algumas previsões surpreendentes e específicas sobre o futuro de Jerusalém e Israel, que se tornaram realidade.
a - Ele profetizou o império Turco Otomano, dizendo que duraria oito jubileus ou 400 anos. Passados 300 anos da sua morte, O Império Otomano nasceu em 1517, e durou até 17 de dezembro de 1917, quando o general inglês Edmund Allenby tomou Jerusalém exatamente na festa do Hanukkah. (exatamente os oito jubileus ou 400 anos).
– O Hanukkah celebra a vitória milagrosa dos Macabeus contra os gregos, e fala de como Deus multiplicou o azeite da Menorah por 8 dias.
b - Ele profetizou que durante o Nono jubileu Israel se tornaria "Terra de Ninguém".
– Com o mandato britânico em 1917, Israel ficou subordinada a leis internacionais e se tornou uma terra de ninguém. Somente depois da Guerra dos Seis Dias, em junho de 1967, Israel tomou toda a região da Cisjordânia e reconquistou toda a cidade de Jerusalém para controle total do Estado de Israel, o que não acontecia desde o ano 70.
– No dia da Conquista, o rabino Shlomo Goren entrou tocando Shoffar, como se fazia no ano do jubileu, tendo ele 50 anos de idade.
– A profecia se cumpriu exatamente.
c - Por todo o décimo jubileu Israel teria o controle de Jerusalém, significando o início do fim dos tempos messiânicos.
– O décimo jubileu se estende pelo período de 1967-2017.
– Segundo ele, a partir de 2017, o décimo jubileu, começaria a era Messiânica.
IMPORTANTE: 2017 Foi o ano em que Israel tomou o controle do Monte do Templo para si novamente.
2 - Para muçulmanos: a Turquia decide ampliar poderes de Erdogan.
– Houve a substituição do sistema parlamentar por um presidencial, que aumenta os poderes do Executivo.
– Na prática, a Turquia democrática cede espaço ao homem que quer restabelecer o poder do Califado no Mundo.
– Começou a perseguição aos cristãos na Turquia.
– As relações diplomáticas da Turquia com Israel esfriam.
– As mudanças: o cargo de primeiro ministro foi extinto.
– O presidente tem poder para nomear todos os funcionários do alto escalão, e poderá nomear um ou vários vices presidentes.
– O presidente terá cinco anos de mandato, e poderá ser reeleito uma vez.
– O presidente terá poder de intervir no Judiciário e impor estado de emergência.
3 - Para cristãos:
a - Ano em que na Europa se fala pela primeira vez em restrição de liberdade religiosa: proposta pelo novo presidente francês Emmanuel Macron.
b - Ano em que Deus tem trazido a advertência para o arrependimento.
c - Quem sabe será o ano do Arrebatamento da Igreja.
CONCLUSÃO
Não gosto de marcar datas para a volta de Cristo, até porque as Escrituras advertem claramente para que não se faça isso, já que ninguém sabe o dia e a hora da volta de Cristo. Entretanto, podemos discernir os tempos. É evidente que Deus nos dá sinais da sua vinda. Como corpo de Cristo, precisamos lutar contra o espírito de apostasia preconizado pelas Escrituras, e proclamar a Jesus Cristo como o único salvador da humanidade. Ainda há tempo!

Nenhum comentário: