segunda-feira, 17 de abril de 2017

Marilyn Monroe: "Nunca Fui Santa"


"Nunca Fui Santa" (Bus Stop), de Joshua Logan,  1956, é um drama romântico com elementos de comédia. Trata-se de filme que rendeu à Marilyn Monroe a indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atriz Dramática em 1957. Neste filme, Marilyn provou ser uma atriz talentosa e capaz de interpretar papeis dramáticos. Foi quando ela se desligou do estereótipo de "loira burra" de filmes anteriores. Estréia de Don Murray no cinema, ele foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Tenho exemplar do filme em DVD na minha coleção.
Um rude e inocente caubói (Don Murrary) disputa rodeios longe de casa e conhece e se apaixona por Cherie (Marilyn Monroe), uma estonteante e sedutora cantora de saloon, que sonha com uma carreira de sucesso em Hollywood. Ele decide que vai se casar com ela mas a trata como se ela fosse gado. Cherie embarca a força no mesmo ônibus que ele para Montana. Com uma tempestade de neve, o ônibus fica retido em uma parada de ônibus - daí o título original do filme -  e ocorre o desfecho da trama 
A atriz Hope Lange também estreou no cinema neste filme. Ainda no elenco, Arthur O’Connell, Betty Field, Eileen Heckart, Robert Bray e Hans Conried. 

Nenhum comentário: