No Aprisco

No Aprisco

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Oldecir Marques operado

Internado desde a noite de domingo, 29, na UTI do Hospital Emec, com complicações de pressão alta, o anestesiologista Oldecir Marques foi submetido a uma cirurgia neurológica na tarde desta segunda-feira, 30.

Drama romântico em lançamento nacional


Zac Efron e Taylor Schlling em "Um Homem de Sorte"
Foto: Divulgação
Única novidade nesta semana cinematográfica, o drama romântico "Um Homem de Sorte" (The Lucky One), de Scott Hicks, tem lançamento nacional a partir desta sexta-feira, 4, no Orient Cineplace. No filme, o sargento da Marinha dos Estados Unidos Logan Thibault (Zac Efron) retorna de seu terceiro turno de serviço no Iraque, acreditando em um fato que salvou sua vida: uma fotografia que encontrou de uma mulher que ele nem conhece. Descobrindo seu nome - Beth (Taylor Schilling) - e seu endereço, ele aparece em sua porta e acaba por aceitar um emprego em seu canil familiar. Apesar da desconfiança inicial dela e das complicações em sua vida, um romance acontece entre eles, dando a ele a esperança de que ela pode ser muito mais do que o seu amuleto da sorte. Baseado em romance de Nicholas Sparks, autor que figura há tempos no primeiro lugar na lista de autores de ficção mais vendidos, com 50 milhões de livros comercializados em todo o mundo. Ele já conseguiu feitos como ter cinco livros diferentes na lista dos "20 Mais" do Brasil em uma única semana e ser primeiro lugar do "New York Times" oito vezes. O sucesso é tamanho que dos 18 livros publicados, seis já receberam adaptações para o cinema: "Uma Carta de Amor", "Um Amor Para Recordar", "Diário de Uma Paixão", "Noites de Tormenta", "A Última Música" e "Querido John".
Continua em cartaz, em segunda semana, o arrasa quarteirão "Os Vingadores" (The Avengers), adaptação para o cinema de história em quadrinhos da Marvel sobre um grupo de super-herois, formado pelo Homem de Ferro (Tony Stark), Capitão América (Steve Rogers), Thor, Hulk (Bruce Banner), Gavião Arqueiro (Clint Barton) e Viúva Negra (Natasha Romanoff). O filme de aventura não é recomendável para menores de 12 anos. Está na Sala 1, com cópia dublada, às 15 horas, 17h45 e 2030; e na Sala 4, em 3D, com cópia dublada, às 13 horas, 15h40 e 18h25; e com cópia legendada, às 21h10. Outra continuação, em terceira semana, é a comédia "American Pie: O Reencontro".

Propaganda petista retirada do ar

Está suspensa a veiculação de inserções do PT nas quais o deputado estadual José Neto, líder do governo na Assembleia Legislativa e pré-candidato a prefeito de Feira de Santana faz as vezes de garoto propaganda. A ação na Justiça Eleitoral foi impetrada pelo Diretório Municipal do Democratas e o corregedor eleitoral Josevando Andrade concedeu liminar. A ação acusa José Neto de publicidade indevida, pois é destacado como pré-candidato ao cargo de prefeito, fazendo propaganda eleitoral antecipada, atribuindo a si próprio ações do Governo do Estado, empregando verbos na primeira pessoa - "acabamos, chegamos, contratamos, a gente quer". O entendimento do corregedor eleitoral é que as alegações do Partido Democratas são plausíveis determinando na liminar que tanto o PT quanto o deputado petista se abstenham de veicular a propaganda partidária citada no processo.

Micareta "sem violência"?

Morreu nesta segunda-feira, 30, no Hospital Emec, o empresário Emerson Bergossi, de 52 anos, proprietário do Trio Elétrico Escândalo. Ele foi agredido no domingo, 21, último dia da Micareta de Feira de Santana, quando foi retirar uma pessoa que estava pendurada no equipamento, o que gerou uma discussão em que a vítima foi agredida com vários socos por um homem desconhecido. A vítima também bateu a cabeça da pista ao ser empurrado pelo desconhecido.

"Quando faltava um código de ética a Cabral"



Por Ricardo Noblat
Gente: menos rigor com Sérgio Cabral, governador do Rio. Menos!
Somente em 2011 ele teve a feliz idéia de encomendar um código de ética para orientar sua conduta.
Não havia código quando ele voou em jatinho de Eike Batista. Nem quando dançou agachado à porta de um hotel em Paris junto com Fernando Cavendish, dono da empreiteira Delta e seu amigo.
A viagem a Paris em 2009 foi uma festa
O ex-governador Garotinho publicou em seu blog fotografias de Cabral e Cavendish (fotos acima); de Cavendish dançando abraçado com os secretários Wilson Carlos (Governo) e Sérgio Côrtes (Saúde); e de Cavendish ao lado dos sorridentes secretários Júlio Lopes (Transporte) e Régis Fichtner (Casa Civil).
A Delta foi beneficiada pelo governo Cabral com obras avaliadas em R$1,49 bilhão. Pasmem: o governo desconhece o número exato de contratos celebrados com ela.
Parte dos contratos foi dada à Delta sem que ela precisasse disputar licitações. A Delta tem obras em todos os Estados - mas em nenhum se deu tão bem como no Rio.
Na semana passada, Cavendish afastou-se da presidência da Delta depois de descoberta a ligação da empresa com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso desde o início de março último, acusado de formação de quadrilha e de patrocínio de jogos ilegais. Cachoeira é suspeito de ser sócio oculto da Delta.
Datam do mesmo ano da milionária viagem a Paris com Cabral declarações gravadas de Cavendish onde ele diz o que pensa sobre os políticos durante conversa com diretores da Delta e da empresa Sygma.
"Se eu botar 30 milhões na mão de um político, eu sou convidado pra coisa pra c... Pode ter certeza disso", diz. E segue:
- Estou sendo muito sincero com vocês: seis milhões aqui, eu ia ser convidado (para tocar obras). "Ô, senador fulano de tal, se convidar, eu boto o dinheiro na tua mão".
Cavendish deixa claro que não é qualquer um que receberá propina dele. "Eu não me interesso pela arraia-miúda. Nenhum interesse por arraia-miúda." Cabral é arraia grande.
De volta a 2009. Como Cabral poderia supor que desrespeitava a ética com a viagem a Paris se não dispunha de um código que estabelecesse os limites de ação de um homem público?
Sem um código, convenhamos, o que é aético para você pode não ser para mim - e vice e versa. Concorda?
Digitei "ética" no Google. Fiz isso no último sábado. Sabe quantas páginas me foram oferecidas? Em números redondos, 57 milhões.
Digitei "código de ética". Havia quase 17 milhões de páginas disponíveis.
Quer dizer: trata-se de um assunto complexo, sujeito a interpretações que variam de acordo com o tempo (época) e o espaço (lugar).
Antes da confecção do código, Cabral só contava com a própria intuição para guiá-lo.
Digamos que tivesse lido este trecho: "Ética é um conjunto de valores morais e princípios que norteiam a conduta humana na sociedade. Serve para que haja um equilíbrio e bom funcionamento social, possibilitando que ninguém saia prejudicado".
Talvez se perguntasse: "O bom funcionamento social esteve ameaçado nas vezes que viajei com Cavendish ou telefonei para Eike pedindo seu jato emprestado?"
Em certa ocasião, o jato ficou uma semana com ele e a família. Foi às Bahamas, voltou a Manaus, foi às Bahamas, voltou ao Rio, foi às Bahamas e finalmente voltou ao Rio.
Cabral é inteligente e esperto, mas um tanto descuidado.
Não deve ter identificado nenhum conflito de interesses em governar um Estado que favorece negócios de Cavendish e de Eike e ao mesmo tempo ser passageiro contumaz do jato de um e par constante do outro.
Mas depois do código, isso é passado, acredite. Ou não é? 
O código, por exemplo, exalta a transparência.
O 'Jornal Nacional' quis saber como Cabral e a sua turma haviam chegado a Paris há três anos. E quem pagou as despesas.
A resposta foi o silêncio envergonhado.
Sabe de uma coisa?
Dever de casa para Cabral até o fim do seu mandato: ler todo dia uma página do código, recomeçando depois que acabar de ler a última.
Fonte: "Blog do Noblat"

Boulevard Shopping no 1º de Maio


O Boulevard Shopping funciona em horário especial no feriado do Dia do Trabalho, nesta terça-feira, 1º de maio. Confira abaixo:
Lojas: Fechadas
Praça de Alimentação: Aberta das 12 às 21 horas
Hiper Bompreço: Fechado 
 Lojas Americanas: Fechada
O cinema manterá sua programação normal de exibição, com filmes iniciando entre 13 horas e 21h20. 
(Com informações de Nadinne Matos, gerente de Marketing Boulevard Shopping)

Promoção Mês das Mães Boulevard Premiado


Na sexta-feira, 28, o Boulevard Shopping lançou uma super promoção para o Dia das Mães. É o Mês das Mães Boulevard Premiado.
Os clientes que escolherem o Boulevard para comprar o presente da sua mãe concorrerão a um vale compra de R$ 10 mil reais para gastar no Shopping.
Juntando R$ 200,00 em notas de compras realizadas no período até 31 de maio de 2012, o cliente terá direito a um cupom para participar do sorteio. As compras processadas nas maquinetas da Cielo têm o seu valor dobrado. Ou seja, se o cliente comprar R$ 100,00, ela valerá R$ 200,00 e dará direito a um cupom de participação. Para isso, será necessário o cliente apresentar o comprovante de compra do cartão (via cliente), que deverá ter a marca da Cielo, juntamente com a sua nota ou cupom fiscal.
Nesta promoção, o cliente poderá juntar quantas notas quiser para completar os R$ 200,00, desde que as compras tenham sido feitas no Shopping, no período de 28 de abril a 31 de maio. Cada participante poderá concorrer com quantos cupons desejar. No cupom, o cliente deverá responder à pergunta: "Qual o Shopping que dá R$ 10.000,00 em compras pra sua mãe?". Os cupons poderão ser inseridos na urna durante todo o período da promoção, até às 22 horas do dia 31 de maio de 2012.
Para participar, o cliente deverá se dirigir ao Balcão de Trocas localizado na Entrada E2 e apresentar suas notas ou cupons fiscais para os atendentes da promoção. Ele será cadastrado no sistema da campanha e receberá os cupons para serem colocados na urna, que estará no mesmo local. O sorteio será realizado no dia 1º de junho, às 17 horas.
(Com informações de Nadinne Matos, gerente de Marketing Boulevard Shopping)
Visite o site: www.boulevardfeira.com.br

"Quero merenda, tou com fome..."


Nesta segunda-feira, 30, na postagem do Blog Demais "Prefeito não sabe a localização nem nome das escolas municipais", uma professora que assina "E aí chefia que hora é a merenda?" colocou o seguinte comentário:
"É revoltante saber, presenciar e conviver diariamente com as crianças matriculadas na rede municipal de ensino, notar no rosto de cada uma delas a carência alimentar, e numa altura dessas, nunca chegou nem um pingo de merenda nas escolas. Os alunos apelam para nós professores e funcionários: 'Ô pró tou com fome'. É tenebroso ouvir isso o tempo inteiro, desde fevereiro. O secretário fala que tá providenciando!!! Já não era para ter providenciado em janeiro, para as aulas começarem já com tudo ok? Barriga vazia espera? Será que o prefeito e o secretário ficam com fome? Pois os alunos ficam, para muitos deles a merenda escolar é a principal refeição do dia. O interesse pelas aulas ainda acontece até às 10 horas pela manhã e até as 15 horas à tarde... depois disso começa a música: 'Quero merenda, tou com fome, quero ir embora, não vou mais fazer dever sem comer etc...' Isso porque é ano eleitoral e o prefeito quer se reeleger, pensem vocês se não fosse? Até quando esse descaso vai continuar?"

Resultado do II Festival de Música do Cangaço


No sábado, 28, uma multidão ocupou as arquibancadas e a quadra da Estação do Forró para prestigiar o II Festival de Música do Cangaço, em Serra Talhada-PE, na Terra de Lampião e Capital do Xaxado, com suas torcidas organizadas vindas de outros estados para dar apoio aos seus representantes. A abertura foi feita por uma dupla de violeiros repentistas Zé Carlos do Pajeú e Edezel Pereira, dando o clima da festa. Em seguida, um a um, foram se apresentando os concorrentes com um repertório difícil de escolher o melhor. Aí coube a árdua missão a Comissão Julgadora formada por Wilson Seraine, Maestro Colorau, Aluizo Nunes, José Teles e Rafael Cortes, que num placar difícil, apontou o seguinte resultado:
1º lugar: NAS ESTRADAS DE BOM NOME
Autor: Escurinho
Intérprete: Escurinho
Cidade: João Pessoa/PB
2º lugar: EM VERSOS QUEBRADOS, MULHER NO CANGAÇO
Autor: João Sereno e Maviael Melo
Intérprete: Carlinhos Pajeú
Cidade: Juazeiro/BA
3º lugar: FLORES DO CANGAÇO
Autor: Tavinho Limma e Sandro Livarck
Intérprete: Tavinho Limma e Sandro Livarck
Cidade: Ilha Solteira/SP
4º lugar: O BRASIL, O CANGAÇO E LAMPIÃO
Autor: Rui Grude
Intérprete: Rui Grude
Cidade: Serra Talhada/PE
5º lugar: UM CANGACEIRO E UM CÃO
Autor: Artur Silva
Intérprete: Laerson Alves
Cidade: Guarabira/PB
Melhor Intérprete: NAS ESTRADAS DE BOM NOME
Autor: Escurinho
Intérprete: Escurinho
Cidade: João Pessoa/PB.
Ao final do anúncio do resultado o público e todos os concorrentes entraram no forró com os shows de Os Pariceiros e Anchieta Dali.
O II Festival de Músicas do Cangaço teve o patrocínio do Funcultura, Fundarpe, Secretaria de Cultura/ Governo de Pernambuco, com o apoio da Prefeitura de Serra Talhada/ Sesc-PE e KM Produções.  Realizado pela Fundação Cultural Cabras de Lampião e Centro Dramático Pajeú.
Fonte: Museu do Cangaço - Ponto de Cultura Cabras de Lampião

"Meu estilo: básico com bossa"


Por Julia Oliveira
Yeeeees, primeiro look do dia da bonita que escreve o blog. Se bem que nem pode ser chamado de look do dia porque vai ser uma coisa super esporádica por aqui, pelo menos por enquanto. 
Mas vamos lá née? Que o tempo é curto…
Olha só a cara da tabaroa... hauahau... Fizemos umas fotos pra um editorial da facul, e eu espertinha resolvi aproveitar uma das produções pra postazar aqui no blog.
A montagem já explica tudo do look né gente?! Aqui embaixo eu fiz um how to, ou seja, como fazer, como copiar o look acima.
Eu amo roupas assim, básicas, confortáveis, porém, bonitas e arrumadas. Fora que a maioria das peças são clássicos, ou seja, todo mundo tem em casa!
Pra onde vou assim Júlia? Pro jantar com o namo, pra uma reunião de família e se você for very chic and ryyca, vai na padaria comprar croissants, hahah!
Espero que tenham gostado do post! BACI. 
Fonte: "Seleta Fashion"

1º Congresso da Família da Igreja Batista Bethânia


"5. Mas, se tu com empenho buscares a Deus, e, ao Todo-Poderoso fizeres a tua súplica,6 se fores puro e reto, certamente mesmo agora ele despertará por ti, e tornará segura a habitação da tua justiça" (Jó 8: 5 e 6). Esta a divisa do 1º Congresso da Família da Igreja Batista Bethânia em Feira de Santana, que será realizado de 10 a 13 de maio.

Saúde do governo Pimenta também vai mal


Em 15 de março passado, o Blog Demais tratou do caso, que agora se repete. É que dependentes da assistência farmacêutica pelo Sistema Único de Saúde (SUS) continuam reclamando da falta de medicamentos nos postos de saúde de Feira de Santana e nas unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps). Principalmente do medicamento controlado Clonazepan 2mg (comprimido), que tem o nome de fantasia Rivotril, essencial na área de saúde mental. A população está sem acesso ao mesmo, que é distribuído gratuitamente. A saúde sob o governo do prefeito Tarcízio Pimenta, que, inclusive, é médico, vai mal, como todo o seu governo.

Cachoeira conseguiu avião para Cavendish


O contraventor Carlinhos Cachoeira providenciou a liberação de um avião para prestar ajuda ao ex-presidente da Delta Fernando Cavendish, após o acidente de helicóptero que causou a morte da mulher do empresário, em junho de 2011. O pedido foi feito a Cachoeira um dia após a tragédia, no litoral baiano, pelo ex-diretor da Delta no Centro-Oeste, Cláudio Abreu, preso pela Polícia Civil do Distrito Federal na semana passada. A aeronave foi emprestada pelo suplente do senador João Ribeiro (PR-TO), Ataídes de Oliveira (PSDB-TO), amigo de Cachoeira e, à época, no exercício do mandato no Senado.
O objetivo do empréstimo do avião, de acordo com conversa telefônica interceptada pela Polícia Federal entre Cachoeira e Ataídes, era conduzir Cavendish e Cláudio Abreu da Bahia rumo ao Rio de Janeiro. Na Bahia, antes do acidente, Fernando Cavendish comemoraria seu o aniversário na companhia de familiares e amigos, como o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB). A tragédia resultou na morte de sete pessoas. O ex-presidente da Delta vem sustentando que desconhecia a ligação entre Cláudio Abreu e o grupo do bicheiro Cachoeira.
Abreu faz o pedido a Carlinhos Cachoeira em 18 de junho, sábado. O ex-executivo da Delta aparece como o porta-voz de uma solicitação do diretor de operações da empresa no Rio, Dionisio Janoni Tolomei, que estaria enfrentando dificuldade para encontrar uma aeronave disponível na cidade do Rio.
- Será que seria demais pedir o avião do Ataíde emprestado, cara? - pede Abreu.
- Pode ligar para ele aí. Liga aí - autoriza Cachoeira.
- Tá uma dificuldade. (...) O diretor lá do Rio, o Dionísio, me pediu ajuda. Tá pedindo até pra mim ir pra lá (Bahia). Tô combinando de ir para lá amanhã, pela manhã - explica Abreu.
Em outra ligação, logo após o próprio Cachoeira telefonar para o então senador Ataídes e pedir o empréstimo do avião, Abreu lamenta profundamente o acidente e pede ao contraventor que envie uma mensagem de condolências para Fernando Cavendish.
- Mandei uma mensagem para ele. Depois você manda uma mensagem também. Telefone, ele não tá atendendo, mas mensagem ele tá respondendo. Me emocionei com a mensagem que ele me respondeu - relata Abreu.
Na conversa com Ataídes de Oliveira para pedir a aeronave emprestada, Carlinhos Cachoeira explica que "Fernando" está acompanhado do governador do Rio, Sérgio Cabral. Porém, não menciona se a aeronave serviria ou não para transportar também Sérgio Cabral.
- O Cláudio (Abreu) ligou mais cedo, contando a história do Fernando. Eu falei: "Caramba, meu Deus" - relata Ataídes.
- Tava lá com o governador do Rio. O Sérgio.... como é que chama? - questiona Cachoeira.
- É o bom de fala. O Sérgio Cabral. Você não vai, não? - pergunta Ataíde.
- Não. É só o Cláudio. O Cláudio vai lá no Fernando. E o Fernando vai no Rio com o Cláudio, entendeu? - explica o contraventor.
Os advogados de Carlinhos Cachoeira e da Delta Construções vêm afirmando que não podem se manifestar sobre conversas telefônicas interceptadas dentro do processo judicial, divulgadas de forma pinçada e descontextualizada. Ontem, a reportagem procurou Ataídes de Oliveira, porém ele não retornou aos contatos até o fechamento desta edição.
Fonte: "O Globo"

O "Coroné" e o "Mineirim"

Em tempos de eleição, dois candidatos mineiros adversários, um da cidade - o "Coroné" -, e outro caipira - o "Mineirim", se encontram na mesma barbearia.
Lá sentados, lado a lado, não se falou palavra alguma. Os barbeiros temiam iniciar qualquer conversa, pois poderia descambar para discussão e o "Coroné" só andava armado.
Terminaram a barba de seus clientes, mais ou menos ao mesmo tempo. O primeiro barbeiro estendeu o braço para pegar a loção pós-barba e oferecer ao "Coroné", no que foi interrompido rapidamente por seu cliente:
- Não, obrigado. A minha esposa vai sentir o cheiro e pensar que eu estive num puteiro.
O segundo barbeiro virou-se para o "Mineirim":
- E o senhor? - indagou.
- Uai, popassá, sô! A minha muié num sabe memo como é cheiro de puteiro... Nunca trabaiô lá...
Dizem que a barbearia está fechada até hoje, para reforma.
Enviado por Silvio Romero 

Prefeito não sabe localização nem nome das escolas municipais


O reconhecimento da incompetência do governo do prefeito Tarcízio Pimenta está no próprio portal "Feira Digital": http://pmfsdigital.ba.gov.br/mapaeducacao.asp, na seção Escolas. O governo está fazendo um "mapeamento das escolas da rede municipal de ensino". O processo foi iniciado no mês de janeiro e deve estar concluído até o final do ano, como está informado. O prefeito Tarcízio Pimenta não sabe a localização nem o nome das escolas municipais. É preciso um ano para aprender?

Torcida Feira Fogo em Salvador


Alvinegros da Feira Fogo:
No momento é so alegria e muita alegria. No domingo, 29, o Fogão jogou como nunca e não permitiu que o Vasco da Gama jogasse. Os meninos chegavam juntos, dividindo, não deu chance ao adversário. Foi legal. No fim, 3 a 1. Na Associação, estavam presentes mais de trinta componenentes da Torcida Feira Fogo. Foi muito importante e no ambiente só se respirava Botafogo.
Acertamos a viagem a Salvador para ver o jogo entre Botafogo e Vitória, no Barradão, pela Copa do Brasil, na quarta-feira, 2. Sairemos do Restaurante Prazeres da Carne do Sol, local de sempre, impreterivelmente, às 19 horas, portanto deve-se chegar ao local às 18h30. Temos um relação confirmada de trinta nomes, sendo assim, nesta segunda-feira, 30, estarei, junto com o tesoureiro Jossé, buscando encontrar um micro onibus que tenha condições de nos acomodar. Quanto aos ingresos, por telefone, falei com o companheiro Beto, presidente da galera alvinegra de Salvador e o mesmo não soube me informar o preço do, contudo julga que deve ser em torno de R$ 30,00 ou R$ 40,00. Vamos adquirir trinta ingressos, cujo pagamento está sendo, por mim, efetuado. O reembolso será no momento da saída para Salvador. Caso haja desistência de quem já confirmou o ingresso deverá ser pago pelo desistente.
Saudações Alvinegras, 
José Boa Sorte Farias - Presidente da Associação dos Botafoguenese de Feira de Santana.

XI Fórum de Comunicação Social com o tema "A Comunicação na Era Digital"


Realização da Associação Bahiana de Imprensa - Seccional Norte-Nordeste, com sede em Feira de Santana, acontece neste sábado, 5 de maio, o XI Fórum de Comunicação Social, com o tema "A Comunicação na Era Digital". O local é o auditório da Associação Comercial de Feira de e Empresarial de Feira de Santana.
A programação é a seguinte: Recepção às 13h30, abertura às 14 horas. Na sequêrncia, a partir das 14h20, palestras dos jornalistas Marcílio Costa, da TV Subaé; Levi Vasconcelos, do ornal "A Tarde"; Ricardo Luzbel, do site "Bahia Noticias" e  Rádio Ttudo FM; e Edmundo Carvalho Filho, da Agecom. Depois de intervalo, às16h20, realização de debate com a coordenação de Jair Cezarinho, presidente da Seccional ABI Norte/Nordeste. O encerramento está previsto para às 17 horas. O Sindicato de Radialistas de Feira de Santana apóia o evento.

Deu em Claudio Humberto



domingo, 29 de abril de 2012

Encontro Regional MMI Brasil - Bahia e Sergipe

Entre 24 e 26 de agosto, o Encontro Regional MMI Brasil - Bahia e Sergipe, com o tema "O Amor em Foco", realização do 2=1 - Casados Para Sempre, no Bahia Fiesta Hotel, em Salvador. Inscrição R$ 200,00 por casal com direito a material de apoio e coffe break. Inscrição para hospedagem R$ 510,00 por casal com direito a duas diárias com café da manhã. Após 26 de junho, a inscrição passa para R$ 240,00 e a hospedagem para R$ 600,00. 
Informações para inscrição na Igreja Batista Bethânia, na rua João Mangabeira, 714, Brasília, Feira de Santana, telefones 3623-2334, 9999-8831 e 9988-8868. E-mail: mmm@hotmail.com. www.mmibrasil.com.br/agenda.
Informações para hospedagem na Agência Shalom Tour, alameda Carrara, 24, Loja 11, Centro Comercial Jardim Pituba, Salvador, (71) 3617-1200 ou (71) 9203-0412. E-mail: anderson@shalomtour.com.br.

Humor alvinegro


Charge  postada por Isaac Andrade, no Facebook da Torcida Feira Fogo

Site oficial do Botafogo


"Sucateamento das Forças Armadas é denunciado na Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra"


Por Carlos Newton
Incisivo, verdadeiro e emocionante - assim pode ser resumido o extraordinário discurso do jurista Waldemar Zveiter, quinta-feira, em reunião da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg), em que fez importantes denúncia, especialmente no tocante ao sucateamento das Forças Armadas.
O primeiro pronunciamento foi do presidente da Adesg, Pedro Luiz Berwanger, que falou sobre a importância da ação da Maçonaria brasileira em defesa da soberania sobre a Amazônia, hoje ameaçada pela Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos das Nações Indígenas. Berwanger alertou que esse Tratado da ONU, assinado pelo governo brasileiro em 2007, determina a independência política, administrativa e social das 206 etnias indígenas existentes no país, cujas reservas podem se transformar em países autônomos, se o Brasil realmente seguir os termos do acordo internacional.
Falando em seguida, Waldemar Zveiter, que é grão-mestre da Maçonaria no Rio, atacou duramente o Governo Federal, mas sempre se referindo ao "presidente Lula", sem mencionar em momento algum sua sucessora Dilma Rousseff, como se Lula ainda estivesse no poder, o que não deixa de ser verdade. O jurista começou criticando o Governo Federal por ter enviado em 2005 ao Congresso o projeto 4.779/05, que permitiria a alienação de parte da Amazônia a empresas privados. A proposta foi encaminhada em regime de "urgência constitucional", que dava à Câmara e ao Senado apenas 45 dias cada um para debatere e aprovar a inovação.
Zveiter disse que naquela ocasião escreveu e publicou o livro "A Maçonaria Pela Integridade da Amazônia em Defesa da Soberania do Brasil", que foi distribuído a todos os parlamentares e contribuiu para a rejeição do projeto de Lula.
Em seguida, o ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça retomou a linha do discurso de Berwanger e chamou atenção para as ameaças à soberania brasileira na Amazônia. Lamentou então o progressivo sucateamento das Forças Armadas e os baixos salários dos militares, dizendo que hoje a remuneração de um general de cinco estrelas é inferior ao vencimento de um juiz iniciante, fato que considera injusto e até inconcebível.
Passou a analisar a situação dos equipamentos de cada uma das Armas, mostrando que Exército, Marinha e Aeronáutica não têm a menor condição de defender os interesses e a soberania do país. "A maior parte dos equipamentos está obsoleta. A Marinha só tem um porta-avisões, comprado de terceira mão, que nem sai ao mar", lembrou, assinalando que os outros navios da Armada foram fabricados na época da Segunda Guerra Mundial.
Foi um discurso longo, que a platéia ouviu em impressionante silêncio, no salão do Clube da Aeronáutica. Sempre de improviso, Zveiter mostrou ser um experimentado orador e foi emendando uma denúncia à outra. Citou também a situação crítica do Exército, especialmente nas áreas de fronteira, sem condições de defender os interesses nacionais na Amazônia.
Depois demorou-se a apontar o sucateamento da Aeronáutica, que tem cada vez menos aeronaves em condições de voar. Indagou então pelos novos caças, que ninguém sabe quando realmente serão comprados, e perguntou até quando os Mirage poderão continuar em serviço. "E quantos Mirage existem. Oito, cinco?" - ironizou
Ao final, criticou também a discussão do Código Florestal no Congresso sem que tivessem sido ouvidas as Forças Armadas nas questões relativas à Amazônia. Disse que isso mostra que os governantes brasileiros, além da permitirem a progressiva obsolescência dos equipamentos, também desprezam a valiosa opinião dos militares.
Ao encerrar o pronunciamento, Zveiter foi ovacionado, com todos os participantes da sessão se levantando para aplaudi-lo demoradamente.
Se algum parlamentar subisse à tribuna do Congresso para fazer um discurso nesses termos, certamente também seria ovacionado, mas cadê coragem?
Fonte:
http://adireitabrasileira.blogspot.com.br 

Convite "Desclassificado"


Imagens da conquista da Taça Rio pelo Botafogo

Galeria de fotos (Extra/O Globo) da conquista da Taça Rio pelo Botafogo.

Imagens da vitória do Botafogo


Galeria de fotos (Extra/O Globo) da vitória do Botafogo sobre o Vasco da Gama por 3 a 1, na tarde deste domingo, 29.

Botafogo atropela Vasco da Gama

Botafogo vence Vasco da Gama por 3 a 1 e é campeão da Taça Rio 2012. Assista aos gols e melhores lances do jogo realizado na tarde deste domingo, 29:
 http://youtu.be/bBLhz4Nx4V4

XIV Ação Social do Rotary


Os Rotary Clubs do Distrito Federal e do Entorno, com apoio do Distrito 4530 Fundação de Rotarianos de Brasília  realizaram a XIV Ação Social, no dia 22 de abril, entre 9h30 e 15h30, no Centro de Ensino Fundamental no Riacho Fundo II DF (CEF I). Foram prestados 2.124 atendimentos:
Exame de vista com doação dos óculos, odontologia, higienização bucal e distribuição de 400 escovas de dente, palestra e exame de prevenção de câncer de mama, clínica geral, aferição de pressão, glicemia, massagens, distribuição de 2.000 preservativos, consultas com advogados, Procon, Justiça Especial Volante, emissão título eleitor, corte de cabelo, doação cadeiras de rodas, distribuição de cestas de alimentos, bazar com muitas variedades, foram doados para o colégio de 1.200 pequenos livros de cidadania na escola, inclusive a renda do bazar.
Rotary Clubs que participaram: Águas Lindas de Goiás, Goiânia Serra Dourada, RC Brasília, Brasília 21 de Abril, Brasília Aeroporto, Brasília Alvorada, Brasília Centenário, Brasília Cruzeiro, Brasília Lago Norte, Brasília Lago Sul, Brasília Leste, Brasília Norte, Brasília Oeste, Brasília Setor de Industria, Brasília Plano Piloto, Brasília União Planetária, Brasília Península Norte, Brasília Sudoeste, Vicente Pires, Ceilândia, Gama, Gama 12 de outubro, Guará, Guará Águas Claras, Luziânia, sobradinho, Núcleo Bandeirante, Park Way-Águas Claras, Planaltina, Taguatinga, Taguatinga Ave Branca, Taguatinga Norte, Taguatinga Oeste,Taguatinga Sul, Rotaract Nova Geração de Taguatinga, Rotary Kids de Taguatinga e Fundação de Rotarianos de Brasília.
Quatro ex-governadores participaram: Daltono Umberto e esposa Rosângela, Adriano Souto e esposa Cleonice, Zago, Geraldo Barbosa e esposa Adalmi e o governador indicado 2014-15 Demetrius Contoyannis e esposa Marta.
O evento foi prestigiado com a participação de 179 rotarianos(as) oito rotaractianos do Rotaract Nova Geração de Taguatinga, o garoto Liverson Paulo do Rotary Kids de Taguatinga. Foram 62 voluntários, com muita dedicação, prestando relevantes serviços e praticando saudável companheirismo. Foi servido café da manhã e almoço para as pessoas que estavam trabalhando.
"São eventos desta magnitude que fortalecem a Imagem Pública, da maior instituição de prestação de serviços humanitários do mundo, chamada Rotary".
Assista ao vídeo: 
http://www.youtube.com/watch?v=4wm73qEa7tg

Enviado por Jordivan Filgueira

Maria Clara apresentada ao Senhor


A neta mais nova, Maria Clara, de dois meses, foi apresentada ao Senhor durante culto na manhã deste domingo, 29, na Igreja Batista Bethânia, para alegria dos pais Thaís e Antonyony Santana, da irmã Marina, do primo Augusto e dos avós Doralice e Dimas Oliveira. Os pastores Jean Cláudio e Andréia conduziram o ato.

Bota Loco é campeão!


O Botafogo acaba de se sagrar campeão da Taça Rio aplicando 3 a 1 no Vasco da Gama, em jogo realizado na tarde deste domingo, 29, no Engenhão, Rio de Janeiro. Agora, enfrenta o Fluminense, campeão da Taça Guanabara, em dois jogos, para ver quem será o campeão carioca de 2012. O Alvinegro chegou a 22 jogos invictos este ano - 18 pelo Campeonato Carioca. Loco Abreu (Foto: Reprodução) marcou duas vezes e Maiconsuel uma. É o primeiro título do Glorisoso no seu estádio. A torcida feirense do Feira Fogo não cabe em si de tanta felicidade.

"CPI une Collor e Lula"


Por Mary Zaidan
Quase vinte anos depois da CPI de PC Farias, que apeou pelo ex-Lula há duas décadas, aliados. Se depois que chegaram ao poder, perdões e gentilezas tornaram-se freqüentes, na CPI mista de Cachoeira, PT e Collor, de novo com o aval de Lula, confessam a mesma cartilha e inimigos em comum, a começar pela mídia.
Em discurso eloqüente, olhos esbugalhados, que fez lembrar os tempos irados em que, num equívoco letal, convocou os brasileiros a sair às ruas de verde e amarelo, colhendo cidades cobertas de cidadãos vestidos de preto, o senador Collor de Mello expôs todo o seu ódio contra CPIs, transformadas em "tribunais de inquisição".
E, ainda com mais ênfase, contra a imprensa. Chamou jornalistas de "rabiscadores", gente que produz "notícias falsas ou distorcidas".
Um elo a mais a unir Lula e Collor. Um purga sua mágoa pela Presidência perdida, outro, pelo processo do Mensalão, maior escândalo da República, com poderes de lhe macular a majestade.
Os métodos de ambos se assemelham: flagrados, fingem que não é com eles, atacam a imprensa e protegem comparsas.
Collor nunca falou nada sobre PC Farias, a Operação Uruguai ou a prova menor, o Fiat Elba, gota d’água da cassação de seus direitos políticos.
Lula falou demais, mas o intuito era o mesmo. Primeiro se disse traído pelos seus. Depois, garantiu que o mensalão não passava de caixa 2, inventando a tese de que um crime se torna menor quando todo mundo o comete. Algo absurdo na boca de qualquer um, quanto mais de alguém que à época era o número um do país.
A teoria da vez é a de que o mensalão é farsa, uma armação da direita com apoio da grande mídia. Nela, Collor é, de novo, aliado de primeira grandeza. A ele cabe bater forte na imprensa, tentar desacreditar o carteiro para não precisar discutir o conteúdo da carta.
Os dois ex-presidentes, que nas primeiras eleições diretas depois da ditadura militar mobilizaram o país por suas diferenças ideológicas, se unem na sordidez.
Collor renunciou antes de sofrer o impeachment e teve seus direitos políticos cassados por oito anos. Atira para todos os lados, tenta vingar-se. Aposta na hipótese pouco provável de passar para a história como vítima de injustiça.
Lula, de olho no perdão prévio, alimenta as esperanças do ex-inimigo.
Cada um modela suas versões de acordo com a conveniência.
A corrupção, a malversação com dinheiro público, os desvios, a evasão de dólares para o exterior, o mensalão. Isso tudo que se dane. São apenas fatos. Coisa de jornalista. 
* Mary Zaidan é jornalista, trabalhou nos jornais 'O Globo' e 'O Estado de S. Paulo', em Brasília. Foi assessora de imprensa do governador Mario Covas em duas campanhas e ao longo de todo o seu período no Palácio dos Bandeirantes. Há cinco anos coordena o atendimento da área pública da agência 'Lu Fernandes Comunicação e Imprensa 




Tadinho...


Por Pr. Roberto Dantas
Já está mais que provado o poder da fé, da determinação, da força de vontade na aceleração de resultados de diversos tratamentos, medicamentosos ou não. Quando a gente quer, a coisa acontece, isso é fato incontestável e está à disposição daqueles que realmente querem mudanças em suas vidas.
Mas existe também o outro lado da moeda que é aquele que "gosta" de sofrer, de ser o coitadinho e, consequentemente, ser o centro das atenções. Geralmente são pessoas cheias de sonhos, planos e consideradas capazes pelos amigos e parentes mas que não conseguem fazer as coisas andarem, concretizar os planos reconhecidamente bons e viáveis.
Todo mundo quer ser reconhecido e festejado, e justamente quando ele se vê fracassado usa esse fato negativo em beneficio próprio, tornando-se a grande e injustiçada vitima. Aí vem as lamentações e as intermináveis justificativas, as comoventes autodepreciações e claro, a atenção de todos em volta.
De uma forma ou de outra, eles conseguem a atenção e até uma certa dose de carinho que acham não ser capazes de ter de outra forma senão através da propaganda do sofrimento. Quando se tem esse tipo de atitude tudo fica mais difícil porque o cérebro programa todo o seu sistema para que nada dê certo e que não seja abandonada essa situação de sofrimento, de forma que os remédios funcionam pra todo mundo e nunca pra ele, as terapias nunca acabam porque também não trazem resultados e qualquer outra forma de cura e linimento, por mais eficaz que seja, não vai dar certo porque a "vítima" não quer se libertar.
Tudo começa no querer, na decisão de mudar, na determinação de enfrentar fantasmas e monstros do passado para se ter um futuro tranquilo e colorido.
Basta querer, então QUEIRA...
* Pastor Roberto Dantas é psicanalista clínico

"A rapina da tecnologia na educação "

Por Elio Gaspari
Com vocês, Delúbio Soares 2.0. A Polícia Federal achou-o no restaurante 14 Bis, no Rio, discutindo o fornecimento de lousas digitais para escolas públicas capixabas e goianas. Segundo o empresário interessado, o companheiro disse-lhe que "um pedido do meu deputado é praticamente uma ordem". Referia-se ao deputado estadual Misael Oliveira (PDT-GO).
Desde que o Homo sapiens grafitou a caverna de Altamira, há 15 mil anos, repete-se o costume de usar uma pedra (giz) para desenhar ou, mais tarde, escrever numa superfície rígida. Desde o século XI isso é feito em escolas. Os quadros-negros custam pouco, não enguiçam, não consomem energia, nem precisam de manutenção.
As lousas digitais, cinematográficas, interativas e coloridas tornaram-se parte de uma praga estimulada por fornecedores de equipamentos eletrônicos para a rede pública de ensino. Cada uma custa pelo menos o salário-base de um professor (R$ 1.451). Um dos municípios que contrataram lousas da empresa que tratou com Delúbio foi o de Presidente Kennedy (ES). Gastou R$ 2,7 milhões em três escolas, e o endereço da fornecedora era um terreno baldio. O prefeito e seis secretários, inclusive a de Educação, foram presos. Com os royalties da Petrobras, Presidente Kennedy tem uma das maiores rendas per capita do Espírito Santo e um dos piores índices de desenvolvimento humano.
O pequeno município não está sozinho nessa febre. O MEC quer comprar 600 mil tablets para que professores preparem suas aulas (como, não diz). Isso e mais 10 mil lousas digitais. O governo de São Paulo estuda um investimento de R$ 5,5 bilhões para colocar lousas e tabuletas em todas as escolas públicas. Gustavo Ioschpe foi atrás da ideia e descobriu que a Secretaria de Educação não tinha um projeto pedagógico que amparasse a iniciativa. Toda a documentação disponível resumia-se a uma carta do presidente da Dell (fornecedor do equipamento), com um resumo de um estudo da Unesco. Pediu o texto, mas não o obteve.
Lousas digitais, tabuletas e laptops são instrumentos do progresso quando fazem parte de uma ação integrada, na qual tudo começa pela capacitação do professor. Hoje, no Brasil, contam-se nos dedos as experiências bem-sucedidas na rede pública. Prevalecem desperdícios que poderiam ser evitados pela aplicação da Lei de Simonsen: "Pague-se a comissão, desde que o intermediário esqueça o assunto".
Quem acredita que Delúbio Soares estava interessado no aprendizado da garotada de Presidente Kennedy, vá em frente.
Fonte: "O Globo"



Linduarte Noronha e Tuna Espinheira


 


O cineasta baiano Tuna Espinheira conversa com Linduarte Noronha (Foto: Reprodução), o celebrado documentarista paraibano autor de "Aruanda" (1959), filme célebre no processo de constituição do Cinema Novo. Noronha morreu há poucos meses. O avexado realizador de "Cascalho" na época da foto estava fazendo "O Curso do Documentário Brasileiro", filme que restou inacabado. Conversando com Tuna, ele me disse: "Trata-se de um documentário de 50 minutos, realizado por um edital da saudosa Embrafilme. Depois que o editei jamais vi o filme pronto. Sei que existem cópias na CTAV. Como diz o título, é uma descritiva da historia do nosso documentário, a partir de Aruanda. Na época fui a Paraiba conversar com o Linduarte, o qual me recebeu muito bem. É só o que posso lhe dizer.
O curta 'Aruanda', marcou (para sempre) não só a saga do documentário, como de um tipo de fotografia (Rucker Vieira foi o fotógrafo), que serviu de inspiração para outros clássicos ('Deus e o Diabo...', 'Vidas Secas', esses no gênero ficção). Mas, 'Aruanda' mudou a cara do cinema brasileiro. Viva Linduarte Noronha! Viva Rucker Vieira!"
Escrita pelas mãos de Tuna Espinheira, eis a sua sinopse biográfica:
Infância em Poções (BA), adolescência em Jequié (BA). Vivencias especiais: Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo (viagens diversas).
O cinema foi, é, a opção preferencial. Sou um cineasta bissexto. Documentarista por paixão. Acho que este gênero não tem fronteiras. Cabe tudo, o finito e o infinito. Sebastião Salgado, com um único fotograma, consegue emocionar, documentar, contar estórias, perscrutar e analisar o real e o irreal! O que não é possível ao documentário!? Com dezenas, centenas, milhares de fotogramas, com suas asas de albatroz, botas de sete léguas, conseguir o possível/impossível e passear nos Campos do Senhor e dar o seu recado?
Faço filmes como uma espécie de exorcismo, principalmente quando se trata de ficção. O roteiro é uma peça diabólica, se não for filmado, vira uma tentação, uma assombração, alma penada. Noites e dias, nada afasta esta condição agônica. Exorcizar o script (filmando de qualquer maneira), ou penar no ossuário geral das utopias. 
Fonte: "Setaro's Blog"


Pois é


Por Sergio Oliveira
No inquérito sobre a Operação Montecarlo, a do Cachô do Waldô...miro, do Zé Dirceu, que o STF disponibilizou para a CPI, pelo que consta, não há nada que configure algum ato ilícito do repórter da "Veja"; apenas prova que ele estava procurando informações para sua revista, embora aqueles que acusam "Veja" e outros órgãos de integrarem o Partido da Imprensa Golpista (PIG), nos seus blogs do Jornalismo da Esgotosfera Governista (JEG), que também poderia ser Partido da Imprensa Governista (PIG) podendo ser, ainda, Partido da Imprensa Amestrada (PIA), ou, conforme um dos editores do 'Congresso em' Foco, Partido dos que Amam, Idolatram e Ovacionan Lula (Paiol), queriam que os incautos acreditem o contrário.
O pus é uma secreção de cor amarela, ou amarelo-esverdeada, frequentemente mal cheirosa produzida em consequência de um processo de infecção bacteriana e constituída por leucócitos ou glóbulos brancos em processos de degeneração, plasma, bactérias, proteínas e elementos orgânicos.
Alguém arrumou, digamos, um "sinônimo" para o JEG: PUS (Partido Unificado da Situação). Tudo a ver.
Delta em geografia, designa a foz de um rio formada por vários canais ou braços do leito do rio. No presente, Delta tem ligação direta com Cachoeira.
Como a Delta é a grande empresa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), muito chegada ao Sergio Cabral (um dos queridinhos do Lula) governador do Rio de Janeiro, para quem o dono pagou vôos de avião para Bahia, Paris etc. 
De repente, todos podem se safar, comemorando em outros vôos pelos céus do Rio, de asaDelta.
* Sergio Oliveira é de Charqueadas-RS