*

*

*

*

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Feira de Santana é o 33º brasileiro em população

Com a atualização do Censo 2010, Feira de Santana está com 556.642 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É o 33º município brasileiro e tem mais habitantes que o Estado de Roraima, com população de 451.227 pessoas.
Feira de Santana é também:
- 14º município não-capital de Estado mais populoso.
- Primeiro município da Bahia, afora Salvador, a capital.
- Segundo município do Norte e Nordeste afora as capitais.
- Tem população maior do que oito capitais: Cuiabá-MT (551.098), Porto Velho-RO (428.527), Florianópolis-SC (421.240), Macapá-AP (398.204), Rio Branco-AC (336.038), Vitória-ES (327.801), Boa Vista-RR (284.313), e Palmas-TO (228.332).
- Feira de Santana, além de 18 capitais, está atrás de oito cidades de São Paulo (Guarulhos, Campinas, São Bernardo do Campo, Santo André, Osasco, Ribeirão Preto, São José dos Campos e Sorocaba), três cidades do Rio de Janeiro (São Gonçalo, Duque de Caxias e Nova Iguaçu), duas cidades de Minas Gerais (Uberlândia e Contagem) e uma cidade em Pernambuco (Jaboatão dos Guararapes).
Os dados do Censo com atualizações foram divulgados pelo IBGE nesta sexta-feira, 29.

Feira de Santana tem população de 556.642 habitantes

Feira de Santana está com 556.642 habitantes, segundo atualização de dados do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta sexta-feira, 29.

A taxa média geométrica de crescimento anual é de 1,47% e a densidade demográfica (habitantes por quilômetro quadrado é de 416,03. O município tem mais mulheres (52,72%) do que homens (47,42%).

Em 4 de novembro de 2010, dados do Censo 2010 foram publicados no "Diário Oficial da União", e davam Feira de Santana com 542.476 habitantes. Com a atualização feita pelo IBGE o ganho de mais 14.166 habitantes.

"Oposições desrespeitam os eleitores"

Por Reinaldo Azevedo
Delúbio Soares está de volta ao PT. Até o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), se mostra um tanto constrangido. Em público ao menos.
Os comandantes das oposições ignoram o assunto porque estão ocupados em se destruir.
A equipe econômica dá claros sinais de que não tem resposta satisfatória — nem mesmo um diagnóstico - para a equação "inflação-câmbio-juros".
Os comandantes das oposições ignoram o assunto porque estão ocupados em se destruir.
Os gargalos na infra-estrutura são evidentes, como demonstram os aeroportos.
Os comandantes das oposições ignoram o assunto porque estão ocupados em se destruir.
Bastaram quatro meses de governo para que se percebesse que o megaplano de Dilma para a segurança pública não passava de delírio e cascata.
Os comandantes das oposições ignoram o assunto porque estão ocupados em se destruir.
As demais obras de infra-estrutura para a Copa do Mundo estão atrasadas, e a respostas do governo é pregar o desrespeito à lei em nome da eficiência.
Os comandantes das oposições ignoram o assunto porque estão ocupados em se destruir.
A inflação, aquela que se percebe nos supermercados, começa a fazer parte do cotidiano dos brasileiros.
Os comandantes das oposições ignoram o assunto porque estão ocupados em se destruir.
Querem saber de uma coisa? Ao se ocupar mais de suas dissensões internas do que em dar combate ao governo, cobrando-lhe coerência e eficiência, as oposições desrespeitam o voto dos eleitores, que a nomeou fiscal do governo federal. No que diz respeito ao futuro, pergunta-se: por que essa gente se organiza para voltar ao poder? Lula disse que oposição é como carrapicho: cresce sozinho… Digamos que a oposição é o carrapicho da oposição.
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

"Conceito de ética"

Por Dora Kramer

Seria impreciso dizer que o Senado chegou ao fundo do poço quando decidiu constituir um Conselho de Ética ao arrepio do decoro indispensável à atividade parlamentar. Isso porque o poço em que o Poder Legislativo resolveu já há algum tempo jogar sua credibilidade parece não ter fundo.
Entra ano, sai ano, entra escândalo, sai escândalo, os acontecimentos bizarros não têm fim, medida nem limites.
A presença de oito processados na Justiça entre os 15 titulares do conselho soa como uma contradição em termos. Agride à lógica da vida normal, mas está absolutamente de acordo com as regras do Congresso.
Mais: compõe perfeitamente o cenário da degradação. Todos os integrantes do conselho destinado a zelar pela ética na Casa são tão senadores quanto qualquer outro. A partir do momento em que seus pares não impuseram reparos a condutas julgadas no passado e os eleitores lhes confiaram delegação, podem participar de todas as atividades sem restrição.
A questão não é o que Renan Calheiros, que trocou a renúncia à presidência do Senado pela absolvição em processos por quebra de decoro, ou Gim Argello, investigado pela Polícia Federal e obrigado recentemente a renunciar à relatoria do Orçamento da União por suspeita de desvios na distribuição de emendas, estão fazendo no Conselho de Ética.
A pergunta correta é o que esses e outros estão fazendo no Senado e o que o Senado faz consigo ao, entre outras façanhas, reconduzir à presidência da Casa José Sarney e seu manancial de escândalos, cuja mais recente leva data de dois anos atrás.
Esse episódio do conselho ganhou repercussão, é tratado como um grande problema, mas é apenas parte do infortúnio que assola o Parlamento e, em boa medida, a sociedade que não exerce ela mesma o voto limpo enquanto não se institui de vez a obrigatoriedade legal da ficha limpa: a indiferença à ética, ao conjunto de valores que disciplinam o comportamento humano como atributo essencial à vida civilizada. Pública ou privada.
Embora a completa ausência de pudor, ainda que em grau apenas suficiente para a manutenção das aparências em colegiado presumidamente ético, fira os espíritos mais sensíveis, não se configura uma novidade em face da revogação geral de quaisquer valores balizadores de condutas.
Em ambiente onde um senador pode roubar um gravador - como fez Roberto Requião ao surrupiar o equipamento pertencente à rádio Bandeirantes e apagar do cartão de memória uma entrevista que não lhe interessava ver divulgada - e ainda assim ser defendido pelo presidente da Casa, não há poço que seja fundo o bastante para delimitar a fronteira entre a civilidade de fachada e a selvageria total.
Fonte: Jornal "O Estado de S. Paulo"

Falecimento de Elias Marques da Silva

Marielza Gonçalves Marques, esposa, Gerson Gonçalves Marques, Ioná Marques Fogueira e Ilka Gonçalves Marques, filhos, comunicam o falecimento de Elias Marques da Silva, aos 78 anos, em Itabuna, no início da tarde desta sexta-feira, 29. O sepultamento será neste sábado, 30, pela manhã, no cemitério de Itapetinga. Dimas Oliveira com Doralice - de quem ele era cunhado - viajam para Itapetinga nesta noite para prestarem solidariedade à família.

Sepultada vereadora Maria Bacelar em Irará

Muitos políticos feirenses estiveram presentes no sepulatmento, na tarde desta sexta-feira, 29, da vereadora Maria Bacelar (PSB), em Irará. Deputado federal Sérgio Carneiro, vice-prefeito Paulo Aquino, vereadores Luís Augusto de Jesus, Maurício Carvalho e Roberto Tourinho, ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho, ex-deputado federal Jairo Carneiro, ex-deputada estadual Eliana Boaventura, ex-vereador Liomar Ferreira, entre outras pessoas desta cidade.
Maria Bacelar faleceu por volta das 19 horas de quinta-feira, 28, na Clínica São Matheus, em Feira de Santana. Seu corpo foi velado no Salão Nobre da Prefeitura de Irará. O prefeito Derivaldo Pinto decretou luto oficial de três dias. As aulas nas escolas municipais foram suspensas e também foram parados os serviços públicos exceto os atendimentos considerados essenciais.
Maria Bacelar estava em seu quinto mandado como vereadora. Ela foi presidente da Câmara de Irará em alguns mandatos e foi candidata a prefeita em 1982 pelo PDS.
Deixa viúvo Francisco Rosa da Silva. Seu filho Vital Bacelar, atual secretário de Saúde de Irará, é considerado seu herdeiro político Ele que já foi vereador e presidente da Câmara, além de ter sido vice-prefeito em duas oportunidades.

Libertem Ai Weiwei

Da Avaaz.org - The World in Action
Caros amigos,

O artista chinês conhecido e amado no mundo todo Ai Weiwei foi abduzido pelas forças de segurança da China. Todo vestígio da vida e da arte de Ai foi apagado da Internet chinesa, e sua única esperança pode ser uma manifestação global por sua libertação.
Temeroso pelos protestos pró-democracia que têm varrido o mundo, o governo tem reprimido centenas de artistas, intelectuais, estudantes e cidadãos chineses críticos ao governo. Mas ao redor do mundo, artistas e amantes da arte começaram a se manifestar em solidariedade a Ai.
A elite chinesa é uma grande consumidora de arte contemporânea, e está planejando uma grande feira de arte em Beijing. Se artistas e galerias internacionais permanecerem distantes da China até que Ai seja libertado, eles atingirão o regime. Vamos construir uma onda global massiva de apoio para que os principais artistas e galerias parem de exibir suas obras na China até que Ai Weiwei seja libertado. Nós entregaremos a petição na próxima Bienal de Veneza e em outras mostras:
http://www2.avaaz.org/po/artists_for_ai_weiwei/?vl
Dezenas de galerias e artistas de mais de 15 países estão neste momento se preparando para a Beijing Art Expo e outras mostras. Nós apresentaremos nossa petição a todos os artistas e galerias proeminentes, e apresentaremos suas respostas em nosso site, mobilizando o mundo artístico a se posicionar fortemente em favor de Ai e de todas as outras pessoas presas por expressarem suas opiniões.
A China por vezes parece imune à pressão internacional, mas o ativismo artístico poderá funcionar. Quando estrelas do esporte permaneceram distantes da África do Sul, chamaram a atenção para o regime brutal de apartheid, apressando a libertação de Nelson Mandela. Junto com artistas e marchands internacionais nós podemos conseguir agora alcançar o mesmo efeito.
O crime de Ai Weiwei foi se manifestar contra a corrupção e a injustiça na China. Por princípio ele se demitiu da equipe que estava projetando o estádio olímpico "Ninho de Pássaro", criticou a corrupção por trás das escolas pobremente construídas que mataram crianças no terremoto de Sichuan e expressou esperança de que as revoluções no Oriente Médio possam levar à mudança na China. Agora ninguém sabe onde ele está sendo mantido e porquê. Vamos convocar artistas e galerias a se unirem pela libertação de Ai Weiwei:
http://www2.avaaz.org/po/artists_for_ai_weiwei/?vl
Os pais de Ai passaram 16 anos em um campo de trabalhos forçados por seus princípios. Naquele tempo a China estava isolada do mundo, mas agora os tempos mudaram. As nossas vozes contam - vamos usá-las agora por Ai e pelos artistas vocais da China, e pela nova China que eles estão lutando para criar.
Com esperança,
Alex, Ricken, Maria Paz, Morgan e toda a equipe da Avaaz

Mais um imóvel alugado pela Prefeitura e abandonado

O imóvel alugado pela Prefeitura de Feira de Santana para funcionar como uma espécie de mini hospital do servidor municipal, localizado na rua Barão do Rio Branco, 1.054, já está funcionando. As imagens mostram que, pelo menos como depósito de roupas velhas e matérias descartáveis o prédio encontra-se em pleno funcionamento.
O mato toma conta da área externa e um forte cheiro de urina e fezes incomoda as pessoas que passam pela calçada desta que é uma das mais importantes ruas do centro da cidade.
O primeiro descaso é com a saúde, pois o mini hospital não está funcionando; o segundo é com o patrimônio público, pois o prédio encontra-se abandonado e o terceiro é com o dinheiro público que está sendo mal aplicado.
O governo municipal está se especializando em alugar casas, anunciar implantação de algum serviço e abandonar o imóvel. Esse não é o primeiro caso. A prova está aí. As fotos são do Blog Demais.

Mensagem de Sérgio Carneiro pelo 1º de Maio

Delúbio nunca saiu do PT; tudo foi jogo de cena

Por Sérgio Oliveira

Trechos da denúncia do Mensalão, assinada pelo procurador geral da República, que ainda será julgada pelo STF:
"Pelo que já foi apurado até o momento, o núcleo principal da quadrilha era composto pelo ex-ministro José Dirceu, o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, Delúbio Soares, o ex-secretário-geral do Partido dos Trabalhadores, Sílvio Pereira, e o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores, José Genoíno."
"Portanto, foi exatamente nessa empreitada criminosa pretérita que ele adquiriu o conhecimento posteriormente oferecido ao Partido dos Trabalhadores, o qual, por meio de José Dirceu, Delúbio Soares, Sílvio Pereira e José Genoíno, prontamente aceitou."
"As provas colhidas no curso do inquérito demonstram exatamente a existência de uma complexa organização criminosa, dividida em três partes distintas, embora interligadas em sucessivas operações: a) núcleo central: José Dirceu, Delúbio Soares, José Genoíno e Sílvio Pereira..."
"O esquema criminoso em tela consistia na transferência periódica de vultosas quantias das contas titularizadas pelo denunciado Marcos Valério e por seus sócios Ramon, Cristiano e Rogério, e principalmente pelas empresas DNA Propaganda Ltda e SMP&B Comunicação Ltda, para parlamentares, diretamente ou por interpostas pessoas, e pessoas físicas e jurídicas indicadas pelo tesoureiro do PT, Delúbio Soares, sem qualquer contabilização por parte dos responsáveis pelo repasse ou pelos beneficiários."
"Delúbio Soares, por sua vez, era o principal elo com as demais ramificações operacionais da quadrilha (Marcos Valério e Rural), repassando as decisões adotadas pelo núcleo central."
"Delúbio Soares tinha a função de operacionalizar, juntamente com Marcos Valério, o esquema de repasse de dinheiro em nome do Partido dos Trabalhadores, uma vez que era o tesoureiro do Partido, atividade pelo mesmo nominada como secretário de Finanças e Planejamento do Partido dos Trabalhadores."
"Com efeito, uma vez sob disposição do núcleo Marcos Valério, o montante foi empregado para pagar propina e dívidas de campanhas eleitorais por ordem de José Dirceu, José Genoíno, Sílvio Pereira e Delúbio Soares."
"Para a implementação dos repasses de dinheiro, Marcos Valério era informado, por Delúbio Soares, do destinatário e do respectivo montante. A partir daí, o próprio Marcos Valério, Simone Vasconcelos ou Geiza Dias entravam em contato com o beneficiário da quantia."
"Após formalizado o acordo criminoso com o PT (José Dirceu, Delúbio Soares, José Genoíno e Sílvio Pereira), os pagamentos começaram a ser efetuados pelo núcleo publicitário-financeiro. Os recebimentos, por sua vez, eram concretizados com o emprego de operações de lavagem de dinheiro para dissimular os reais destinatários dos valores que serviram como pagamento de propina".
* Sérgio Oliveira, aposentado, é de Charqueadas-RS

Embasa diz precisar de recursos para ampliação de sua rede e gasta mais de R$ 300 na Micareta

A Embasa, que tentou justificar o aumento de quase 14% na conta de água alegando que precisava reforçar o caixa para fazer investimentos, repassou à Prefeitura de Feira de Santana a bagatela de R$ 310 mil para patrocinar a Micareta da cidade, que começou na quinta-feira, 28. Para o deputado estadual Bruno Reis (Foto: Divulgação), do PRP, que conseguiu uma liminar na Justiça impedindo o aumento na tarifa de água, o patrocínio é no mínimo contraditório diante da decisão da empresa de penalizar os consumidores com um reajuste emergencial, alegando dificuldades financeiras.
"Esperamos, inclusive, que a Justiça leve esse fato em consideração na hora de julgar acão da Embasa que pede a derrubada de nossa liminar. Isso porque está ainda mais claro que o aumento defendido pela empresa, com o aval do Governo do Estado, não tem qualquer fundamento, não se justifica. Como uma empresa que diz precisar de recursos para investir na ampliação de sua rede de abastecimento tem mais de R$ 300 mil para gastar em patrocínio numa Micareta? É para fazer a população de trouxa?", questinou o parlamentar.
(Com informações da Assessoria do Deputado Bruno Reis)

Governo corta salário dos professores das universidades estaduais em greve

O Governo do Estado anunciou na quinta-feira, 28, o corte aos salários dos professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), em greve há mais de 20 dias. Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) não tiveram seus salários cortados, pois aderiram a greve na terça-feira, 26.
A nota divulgada pelo governo afirma que o processo de negociação não foi interrompido. No entanto, na quarta-feira, 20, o governo enviou aos representantes dos professores um e-mail no qual afirmava que a cláusula, que congela os salários até 2014, imposta no momento da assinatura do acordo salarial 2010, e que é uma das principais reivindicações do movimento grevista, não seria retirada e que o acordo salarial só seria assinado após o final da greve.
"Não temos sequer uma reunião oficial marcada com o governo. O que mais desejamos é negociar, mas isso significa encontrar um ponto de equilíbrio na vontade de ambas as partes e não apenas a categoria ter que aceitar a imposição do governo", afirma o coordenador da Associação dos Docentes da Uefs (Adufs), Jucelho Dantas.
Os professores estão reivindicando do governador Jaques Wagner (PT) a retirada da cláusula que impede melhorias salariais pelos próximos quatro anos e a revogação do Decreto 12.583/11 que reduz os gastos públicos no ano de 2011. As negociações entre o governo e os professores pela incorporação da gratificação Condições Especiais de Trabalho (CET) ao salário base duraram mais de um ano. Os professores, demonstrando sua capacidade de negociação, aceitaram o pagamento da incorporação de forma parcelada até 2014. No entanto, no dia da assinatura do acordo o governo surpreendeu a categoria incluindo no documento a cláusula restritiva.
Segundo o professor Jucelho, o que está impedindo a assinatura do acordo não é o parcelamento da incorporação da CET, mas a imposição do governo para que a categoria passe quatro anos sem reivindicar melhorias. "O governo está divulgando a incorporação da CET como se isso significasse uma grande melhora nos nossos salários e não é verdade. A CET significa um aumento de 12 a 18%, a depender da classe em que se encontra o professor, em quatro anos, o que é muito pouco se lembrarmos que as universidades estaduais da Bahia recebem os piores salários do Nordeste. Estados com arrecadações de impostos bem menores pagam bem mais aos professores", completa Jucelho.
Na quinta-feira, os professores das quatro universidades estaduais realizaram uma passeata de protesto saindo do Campo Grande até a praça Castro Alves, em Salvador, com mais de 300 pessoas, para alertar a população para os motivos que levaram a categoria a deflagrar greve. Além dos professores, participaram estudantes e técnico-administrativos, que também estão lutando por melhorias para as universidades, e representantes de outras categorias de servidores públicos denunciando o corte de verbas no orçamento do Estado e da União.
"A greve é nossa forma de mostrar para sociedade que a Universidade está passando por problemas e que precisamos exigir do governo melhorias. Precisamos defender o direito da nossa sociedade de ter uma universidade pública e de qualidade. A educação é o maior patrimônio que nosso povo pode ter e o melhor caminho para transformação da nossa realidade social", finaliza o professor Jucelho.
(Com informações de Carla Matos, da Assessoria de Comunicação Adufs)

E a auto-suficiência do petróleo?

A Petrobrás vai importar mais gasolina em maio para atender ao aumento do consumo doméstico, decorrente da elevação do preço do etanol. Segundo o diretor de Abastecimento e Refino da estatal, Paulo Roberto Costa, serão importados em maio mais um milhão de barris, além de 1,5 milhão que foram trazidos do exterior durante o mês de abril.
Segundo ele, a expectativa é de que a entrada da safra de cana proporcione uma estabilização dos preços do etanol no mercado. "Se o consumidor migrar novamente para o etanol não precisaremos importar novas cargas", disse o diretor, em entrevista à Agência Estado.
Segundo o diretor, a importação não deverá provocar um déficit considerável na balança comercial de 2011. Costa lembrou que no ano passado a companhia importou três milhões de barris e conseguiu terminar o ano superavitária. "Parece um volume muito alto, mas este volume a ser importado atende a uma demanda em média equivalente a quatro ou cinco dias do consumo no mercado interno", disse Costa.
Ele destacou, porém, que as contas da empresa consideram que será mantida a mistura de 25% de anidro na gasolina. "Se isso for reduzido, a conta terá de ser refeita porque aumentaria o consumo de gasolina e poderíamos precisar de novas cargas importadas", destacou.

Fonte: Portal do Estadão

O Blog Demais comenta:
Desde 2006 que a Petrobras faz campanhas milonárias e enganosas afirmando que o Brasil é auto-suficiente na produção de petróleo. Na campanha presidencial de 2010, a enrolação foi sustentada. Trata-se de mais uma mistificação do governo petista. Interessante que nem a presidente Dilma Rousseff, nem o ex-presidente Lula, nem o Sérgio Gabrielli aparecem agora para revelar a verdade - com as mão sujas de óleo. Um diretor é que aparece para anunciar o fato consumado. Os brasileiros vão ter que abastecer seus veículos pagando mais caro, sem poder reclamar pois votaram no estilo de desgoverno que está aí.

"Brasil sob PLC 122: uma previsão para fazer rir e chorar"

Por Julio Severo

Como será o Brasil com o PLC 122 aprovado? Os ativistas gays dizem que será um país em que homens que fazem sexo com homens terão apenas igualdade de direitos. A nova versão da lei anti-"homofobia" vai banir da internet, televisão, rádio, jornais e locais públicos toda opinião negativa contra o homossexualismo, mas Marta Suplicy, atual relatora do PLC 122, garante que vai "defender a liberdade" de os religiosos poderem falar contra o homossexualismo pelo menos dentro do templo de suas igrejas.
Imaginemos agora o Brasil sob essa nova modalidade de "liberdade" de expressão: Rede Imbróglio Global de Televisão apresenta debate sobre Bíblia e homossexualidade - porque homossexualismo foi banido do vocabulário nacional, por ser considerado "preconceituoso".
Apresentador Tony Sabão: "Boa noite, senhoras e senhores. Temos aqui hoje no nosso debate dois pastores gays, que irão nos explicar o que Deus pensa sobre o amor entre iguais. Boa noite, Pr. Desmunhecanca. Boa noite, Pr. Trejeitoso".
Pr. Desmunhecanca: "Boa noite! É um prazer voltar ao seu programa. Uau, amei! É sempre bom voltar aqui, pois temos sempre muitos frutos... e "frutas", claro, hahaha! Muita gente da audiência, sem conhecimento do assunto gay, nos procurou em nossas igrejas. Bombou! Um a-rra-so! Amém!"
Pr. Trejeitoso: "Boa noite, Toninhuu.... tudo bom contigo, linduu?"
Tony Sabão: "Minha primeira pergunta é: Por que Deus criou a homossexualidade?"
Pr. Desmunhecanca: "Essa é mais uma das várias formas de amor. Deus fez o mundo colorido. E assim interpretamos a simbologia do arco-íris. Nada daquele papo cafonééérrimo de dilúvio, promessa para Noé, e tal. Mas sim, as mil e uma formas de amor. GLBTZKXUY69K24Q11ABC, etc...".
Pr. Trejeitoso: "Isso! Deus disse que o homem deixaria seu pai e mãe e se tornaria uma só carne com o outro. Essa é a nossa interpretação oficial".
Tony Sabão: "E há alguma outra interpretação diferente?"
Pr. Trejeitoso: "Sim, tem, mas deixa pra lá! Já era... Hoje são novos tempos, e novos tempos, vocês sabem, requerem nova teologia. Podemos dizer que a teologia foi liberta de suas fobias e se tornou inclusiva e mais aberta, mais relacional, se é que você me entende, amore..."
Tony Sabão: "Bacana! Nossa drag-repórter Espalhafatona está, conforme estipula a legislação, dentro de um templo para entrevistar um pastor linha-dura de uma igreja de extrema-direita hidrófoba-fundamentalista-raivosa, para saber a opinião dele sobre o motivo por que Deus criou a homossexualidade".
Repórter Espalhafatona: "Pr. João, pode nos dar sua opinião?"
O pastor cochicha ao ouvido da repórter.
Tony Sabão: "Que cara de nojo é essa, Espalhafatona? O que foi que o pastor disse?"
Espalhafatona: "Tony, a legislação realmente permite a opinião - arghh! - dele aqui dentro do templo, mas como estamos ao vivo e no microfone, ele não tem proteção. Ele me confidenciou sua visão. Horrorosa! Credo! Só posso te contar ao ouvido, bem discretamente, quando chegar à emissora".
Tony Sabão: "Obrigado, Pr. João, por sua participação, e deixamos claro que nossa emissora, conforme a legislação, sempre lhe dará liberdade de cochichar ao ouvido de nossos jornalistas suas posições dentro de seu templo. Longe de nós censurar o debate plural e livre! Boa noite!"
Pr. Trejeitoso: "Só para finalizar, Toninhu lindu, quero informar para sua galera televisiva que nossa igreja agora conta com uma moderna e equipada sauna, com atendimento ultra-personalizado! Beijinhusss!"
Tony Sabão: "Conforme a lei vigente e para ajudar o governo no combate à 'homofobia', estamos, Pr. Desmunhecanca e Pr. Trejeitoso, transmitindo sua mensagem pela TV, rádio e internet, garantindo que o público seja impactado de forma positiva por suas palavras que representam o verdadeiro evangelho da inclusão. Esperamos que seu evangelho liberte muitos da 'homofobia'. Boa noite a todos, em nome da Rede Imbróglio Global de Televisão, a rede da diversidade da família brasileira!"
Outro cenário do Brasil sob o PLC 122:
Professora na sala de aula: "Crianças, acabamos de assistir ao vídeo oficial do MEC de um lindo casal de meninos se beijando. Quantos aqui são a favor da homossexualidade?" Todas as crianças levantam a mão - menos um menininho.
Imediatamente, a professora o encaminha à psicóloga de diversidade sexual da escola. Em seguida, seus pais são convocados para se apurar o motivo por que o garotinho não levantou a mão. Os pais dizem que só podem dizer o motivo dentro do templo de uma igreja. A diretora grita: "Olha, esta escola por acaso tem cara de igreja? Na igreja, vocês façam o que quiserem. Mas aqui é escola! Aqui fazemos o que o governo manda! Ou vocês decidem corrigir agora mesmo essa situação ou o garoto vai ter de passar por um programa de reeducação. O Conselho Tutelar já foi acionado para investigar o comportamento estranho do menino, e a forma como vocês o educam. Decidam agora o destino de vocês!"
Brasil hoje, antes da aprovação do PLC 122:
Antes que mais tarde decidam a sua vida e a vida de seus filhos, decida hoje:
PLC 122 não! Não à propaganda anti-"homofobia" que é fachada para perseguição religiosa! Abaixo à ditadura gay!

Consagração ao Ministério Pastoral

Deu em Claudio Humberto

O nome da festa

Carnareta, Chuvareta, Micalama, Micaval, Mutrereta, Picareta. Que nome dar à Micareta 2011?


quinta-feira, 28 de abril de 2011

"O desabamento do túnel, a metáfora e os fatos"

Por Reinaldo Azevedo
Parte do túnel Cuncas I, que liga as cidades de Mauriti, no Ceará, e São José de Piranhas, em Pernambuco, desabou. A obra é parte da chamada transposição do rio São Francisco e foi o último canteiro visitado pelo então presidente, Luiz Inácio Lula da Silva.
Vamos lá! Um petista estaria comemorado o desabamento de uma obra pública tocada pelo governo de São Paulo, por exemplo. Assim como essa gente não tem receio de sujar as mãos em nome da causa, não reconhece limites para explorar politicamente um desastre. Os setores partidarizados da imprensa fazem o seu trabalho: a inauguração da estação Pinheiros do Metrô se transformou na "inauguração da estação da cratera". É claro que o assunto tinha de ser lembrado, mas no título, de maneira reiterada, como se fez, já é uma escolha política.
Os trabalhadores reclamam das condições de segurança naquele canteiro da transposição. É improvável que a imprensa se interesse pelo assunto. O maior conflito trabalhista em décadas, ao menos o mais violento, irrompeu em Jirau sem notícia prévia e quase sem notícia posterior. A demissão de milhares de trabalhadores foi reportada como diminuição do aporte de mão-de-obra.
Para que uma pauta aconteça, ela tem antes de ser influente. Jornalistas precisam se interessar pelo assunto. Esse interesse também é determinado por afinidades eletivas. Com alguma freqüência, a reportagem é fruto de um lobby bem-sucedido, o que não quer dizer que o jornalismo participe necessariamente de uma conspirata ou que a matéria publicada não seja de interesse do público. Só estou lembrando que algumas notícias não caem apenas da árvore dos acontecimentos.
No momento em que Dilma Rousseff tem de se haver com a herança maldita do governo Lula (que também era governo Dilma), a tentação de ver no desabamento uma metáfora - ou metonímia - é grande. Mas isso serve mais à literatura do que aos fatos.
O que cabe ao jornalismo, isto sim, é visitar os canteiros de obras Brasil afora para que se saiba em que condições são executadas. O que nos falta nessa história toda e sair da fábula e ir para os fatos.
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

"Herança maldita é isso aí"

Em julho de 2006, quando o acasalamento do descaso administrativo com a escassez de investimentos pariu o apagão aéreo, o presidente Lula comunicou ao país que o ministro da Defesa, Waldir Pires, cuidaria de matar o monstrengo no berço.
O plácido baiano nada fez. Foi substituído em julho de 2007 por Nelson Jobim, que prometeu matar de susto a criatura que acabara de festejar o primeiro aniversário.
Além de brincar de general, almirante e brigadeiro, também o gaúcho falastrão nada fez. Em julho de 2008, repassou o filho da inépcia federal a Dilma Rousseff, chefe da Casa Civil.
No país real, as coisas seguiram piorando. No Brasil Maravilha inventado por Lula, não foi pouco o que a Mãe do PAC fez. Só em São Paulo, inaugurou o terceiro aeroporto que até hoje ninguém viu, modernizou Guarulhos sem deixar marcas visíveis da proeza e ampliou Viracopos sem acrescentar-lhe um único metro.
Em julho de 2010, durante a campanha eleitoral, deu o problema por resolvido e foi cuidar do trem-bala. No País do Carnaval, não é agosto o mais inquietante dos meses. É julho, confirmou nesta terça-feira a reunião entre Dilma e seus 40 ministros.
Invocando a aproximação da Copa do Mundo, os cardeais do novo e já velho governo resolveram enxergar o colapso da aviação civil. Também decidiram que cabe à iniciativa privada solucionar o problema que conceberam, amamentaram e carregam no colo.
Em julho - sempre no sétimo mês - estarão prontos os editais que instituem nos cinco principais aeroportos o modelo de concessão. Concessão é a privatização que não ousa dizer seu nome.

Fonte: "Blog do Augusto Nunes"

Filmes em Exibição no Orient Cineplace


Período de 29 de abril a 5 de maio

LANÇAMENTO MUNDIAL
THOR (Thor), de Kenneth Branagh, 2011. Com Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tom Hiddleston, Anthony Hopkins, Stellan Skarsgard, Rene Russo e Ioris Elba. Aventura. O poderoso mas arrogante guerreiro Thor é expulso do reino encantado de Asgard e enviado à Terra para viver entre os humanos. Ele aprende o significado de ser um verdadeiro herói quando se torna um dos defensores mais admirados depois que o vilão de seu mundo envia forças para invadir o planeta. Não recomendável para menores de 10 anos. Duração: 114 minutos. Horários: 14h10, 16h30 e 18h50 com cópia dublada; e às 21h10 com cópia legendada. Em 3D, na Sala 4 (264 lugares).
LANÇAMENTO
SOBRENATURAL (Insidious), de James Wan, 2011. Com Patrick Wilson, Rose Byrne, Ty Simpkins e Barbara Hershey. Terror. Em casa nova, família tenta impedir que maus espíritos capturem a alma de seu filho em coma. Descobre-se que o menino está aprisionado num mundo chamado de “O Além” (The Further) e que não era a casa que estava mal-assombrada. Não recomendável para menores de 12 anos. Duração: 102 minutos. Horários: 14h40, 16h50, 19 horas e 21h20. Sala 3 (167 lugares).
CONTINUAÇÕES
RIO (Rio), de Carlos Saldanha. Animação. Uma arara-azul chamada Blu deixa o Minnesota, nos Estados Unidos, para se aventurar pelo Rio de Janeiro. Diante da beleza da cidade brasileira, Blu vai conhecer um tucano e uma arara-azul fêmea, Jade, quando acreditava que fosse o único macho da espécie. Em quarta semana. Classificação: Livre. Duração: 105 minutos. Cópia dublada. Horários: 14 horas, 16h10, 18h20 e 20h30. Sala 1 (243 lugares).
HOP – REBELDES SEM PÁSCOA (Hop), de Tim Hill, 2011. Com James Marsden, El. Mistura de animação e live action.Um coelho da Páscoa, chamado Hop, é acidentalmente atropelado por um carro, cabendo então ao motorista salvar a Páscoa. Em segunda semana. Cópia dublada. Classificação: Livre. Duração: 97 minutos. Horário: 15 horas. Sala 2 (160 lugares).
PÂNICO 4 (Streams 4), de Wes Craven, 2011. Com Neve Campbell, David Arquette, Courteney Cox e Anna Paquin. Terror. Sidney Prescott agora é autora de um livro de auto-ajuda, e retorna para Woodsboro na última parada de sua turnê para promover o lançamento. Lá, ela reconecta-se com o sherife Dewey e Gale - agora casados - assim como sua prima Jill e sua tia Kate. Mas, o retorno dela também traz Ghostface de volta, colocando seus amigos e toda a cidade em perigo. Em terceira semana. Cópia dublada. Não recomendável para menores de 14 anos. Duração: 110 minutos. Horários: 17 horas, 19h15 e 21h30. Sala 2.
ENDEREÇO E TELEFONE
Orient Cineplace - Multiplex do Boulevard Shopping, telefax 3225-3185 e telefone 3610-1515 para saber informações sobre programas e horários.
(Com informações do Departamento de Marketing de Orient Cinemas)

Quem se importa com a lama?

A Micareta se inicia debaixo de chuva. O tempo está fechado em Feira de Santana. A chuva ainda é fina, mas intermitente e pode engrossar.
Mas, como quem curte a Micareta não se importa com a lama...
Observar que além da lama física, tem a lama espiritual.

Trânsito quase parado no Anel de Contorno

O tráfego na avenida Eduardo Fróes da Motta, o Anel de Contorno, que já é complicado no cotidiano, está impraticável desde o final da tarde desta quinta-feira, 28. Caminhoneiros fazem muito barulho com um buzinaço. Nenhuma ação foi preparada para controlar e ordenar o trânsito.
A situação é causada pela interdição da avenida Presidente Dutra, circuito da Micareta iniciada nesta data.
Quem pretende sair de Feira de Santana ou chegar nesses dias vai passar por essa situação caótica, motivada pela festa feita na estrada.

Lançamento de "Senso Religioso"

Será lançado nesta sexta-feira, 29, às 18h30, na Academia de Letras da Bahia, o livro "O Senso Religioso", de Luigi Giussani, fundador do Movimento Comunhão e Libertação, com a presença do secretário de Educação, Cultura, Esportes e Lazer da Prefeitura de Salvador, João Carlos Bacelar, do bispo de Camaçari dom Carlos Petrinni, do responsável pelo movimento católico nacional Comunhão e Libertação e Otoney Alcântara, do movimento soteropolitano.
A obra já foi traduzida em mais de 21 idiomas e é utilizada em mais de 70 países. É considerada a obra mais expressiva do gênio educativo de dom Giussani no contato com jovens do ensino médio e superior desde os anos 50, quando iniciou a carreira do Liceu Clássico Berchet. O livro trata das perguntas dos fatos religiosos, apresentando a natureza do eu e que se exprime em certas perguntas como:
- Qual o significado último da existência?
- Porque existe dor e morte?
- De que é feita a realidade?
- Porque vale à pena viver?
Segundo Dom Giussani o livro é "o nosso compromisso radical com a vida e procura responder usando a razão a essas questões, buscando superar uma prisão da razão, reduzida ao cientificismo ou racionalismo".
(Com informações de Aloisio Araújo Júnior)

Dilma em momento de Ofélia

Por Sérgio Oliveira
A presidente Dilma Rousseff disse que "o Governo está diuturnamente e noturnamente atento às pressões inflacionárias".
Diuturnamente é uma derivação de diuturno, que significa algo que vive muito tempo; que tem longa duração, que se prolonga, prorroga ou se protela no tempo.
Diuturno é uma palavra derivada do latim diuturnu (adjetivo :que vive muito tempo; que dura muito.)
Desta forma, diuturnamente não tem nada a ver com o dia; já noturno tem a ver com a noite; noturnamente é algo que se faz à noite. Diurno é que tem a ver com dia; diurnamente é aquilo que se faz ao dia.
Diurnamente é o contrário de noturnamente. E não diuturnamente.
Ela misturou alhos com bugalhos.
Acho que Dilminha, mais uma vez, ofeliou, de Ofélia, aquela do Fernandinho, da TV, a que só abria a boca quando tinha certeza.
* Sérgio Oliveira, aposentado, é de Charqueadas-RS

Deputado propõe debate sobre divisão territorial

Senhor Editor:
Num primeiro momento, encaminho a minha frequência em relação aos trabalhos legislativos. Fui eleito para debater os problemas da Bahia na Assembleia Legislativa e sempre estou presente aos trabalhos que seja em plenário, quer seja nas comissões em que sou titular como a de Saúde e Saneamento, Direitos Humanos e Segurança Pública, Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação e, finalmente, Especial do Porto Sul ou suplente, como a de Agricultura e Política Rural. Também tenho participado ativamente da vida parlamentar apresentando projetos, moções, indicações. Tanto a minha frequência quando o teor da minha atuação parlamentar podem ser conferidos no site da Assembleia Legislativa (http://www.al.ba.gov.br/) nos links frequência ou proposições.
Portanto, como parlamentar, cumpro com as minhas obrigações, ao contrário de deputados que chamam os outros como desocupados e que aparecem muito pouco na Casa para trabalhar. Felizmente, como sou um parlamentar ocupado demais para dar atenção as detratações alheias, passo a tratar de um assunto polêmico e que tive coragem de propor o debate, porque essa é a minha função como parlamentar. Não me escudo no mandato para agradando a um ou outro, mas para propor o debate e fazer valer a vontade da maioria.
Venho tratando de um assunto polêmico que a questão da divisão territorial, especificamente das terras de Ilhéus, Itabuna e Coaraci. Estou propondo o debate, depois de ser procurado por lideranças políticas, empresariais e moradores das regiões envolvidas, para a possibilidade da mudança da fronteira de Ilhéus e Itabuna, e de Ilhéus e Coaraci como determina a lei estadual 12.050, sancionada em 7 de janeiro deste ano pelo governador Jaques Wagner a fim de corrigir as anomalias territoriais como estas.
No primeiro caso, a fronteira do município de Ilhéus hoje se encontra dentro da cidade de Itabuna. Não estamos tratando de uma divisa numa área rural, afastada, mas cortando a cidade de Itabuna. A região em questão é onde se situam dois empreendimentos comerciais que hoje estão no território ilheense. Eles ficam muito mais próximo de Itabuna – há cerca de 800 metros – do que dos 22 km que os separam de Ilhéus. Como todos os benefícios municipais, como coleta de lixo, iluminação pública, conservação asfáltica e de infraestrutura são feitos pela cidade mais próxima, propus o debate sobre a alteração dos limites territoriais.
Fui mais além, quando a comunidade de Salobinho, em Ilhéus, utiliza-se dos mesmos serviços - também devido a proximidade maior – de Itabuna. Neste caso específico, sugeri o debate e estou propondo, caso a sugestão venha prosperar, que se realize um plebiscito para saber se é da vontade da população permanecer pertencendo a Ilhéus ou passar definitivamente ao atendimento de Itabuna. São duas questões distintas: a da divisa de Ilhéus dentro de Itabuna e a da população de Salobinho, apesar de tratarem da mesma fronteira. A diferença seria a sua extensão mais próxima a Itabuna ou mais distante deste centro.
Muitos interpretaram minha proposição como forma de beneficiar Itabuna, por prováveis pretensões políticas futuras. Isso é fruto de quem não tem argumentos sólidos para contra argumentar. Até porque, também estou debatendo a situação de Inema, mais próximo da cidade de Coaraci e, portanto recebendo toda assistência desta cidade do que da prefeitura de Ilhéus.
O que dirão aqueles que sequer tem coragem de debater? Que tenho pretensões eleitorais também em Coaraci? Ou que estou seguindo a lógica territorial? Porque não debater? Porque vão continuar atuando como fizeram em relação as questões do Porto Sul, que nem deram ouvidos aos ambientalistas e só defendem este empreendimento, mesmo, talvez, sendo prejudicial a cidade de Ilhéus, por ser investimento federal? Temem o que? Ter a insatisfação popular revelada em um debate sério, franco e aberto?
Mais uma vez, estou tendo a coragem de propor o debate, utilizando-me de argumentos concretos que fazem parte de minhas atribuições como homem, cidadão e parlamentar e sem partir para as agressões pessoais ou ilações contra quem quer que seja. Meu dever é propor o debate, as discussões e colocar para a sociedade, de forma democrática, transparente e republicana ver se essa é a vontade da maioria. Portanto, vamos debater, vamos discutir ou não, se essa também for a vontade da maioria. O que não podemos é enterrar a cabeça na areia e nos acovardarmos diante da insatisfação de alguns, diante do desejo da maioria!
Deputado Estadual Coronel Gilberto Santana

(Com informações de Aloisio Araújo Júnior)

Campanha de motociclistas contra aumento de combustível

Da AMO-BA para todos motociclistas & MC's Movimento contra reajuste de combustével:
Acabo de receber link abaixo, e achei muito importante a proposta, e forma de promover justa reivindicação.
http://www.youtube.com/watch?v=NNTwbTafpUo&feature=share
Que tal promovermos esta mesma campanha em nossa cidade, em dia e horário pré-definidos?
Enviado por Dom Peixoto

Vaga para gerente de Produção na Faurecia - Dias d'Ávila

Requisitos
Escolaridade: Superior completo em Engenharia mecânica, Produção, ou em Administração, desejável especialização em Gestão da Produção.
Experiência: 5 anos em área de produção em indústria e liderança.
Idiomas: Inglês fluente.
Informática: Domínio: PowerPoint, Excel.
Características: Proativo, Visão sistêmica do negócio, habilidade em gestão de pessoas, bons conhecimentos de custos industriais.
Outros: Conhecimentos adicionais: Em processos de montagem e/ou transformação de matéria prima Plástica.;
Observações:
Disponibilidade para residir na Bahia por no mínimo 5 anos.
Atividades:
· Analisar diariamente os volumes produzidos comparando com os objetivos estabelecidos.
· Verificar a ocorrência de reclamações de clientes, analisando as suas causas e procurando soluções com as áreas envolvidas.
· Dinamizar a utilização das ferramentas da qualidade.
· Dinamizar e participar nas ações ligadas ao Plano de Melhoria Contínua.
· Estabelecer objetivos quanto aos indicadores de Produção, sendo índices de Refugo, Retrabalho, NRFT, TRS e Produtividade.
· Garante a obtenção dos meios preventivos ou corretivos necessários à industrialização, atendendo às especificações do cliente e as normas de Qualidade.
· Fixar e controlar os objetivos anuais dos colaboradores, realiza a respectiva avaliação de desempenho e detecta necessidades de formação de sua equipe.
· Elaborar e gerenciar o budget de seu departamento, referente a despesas gerais, Treinamento, e Investimentos.
· Acompanhar os indicadores de Segurança, sendo FRO e CTA, tomando as ações necessárias para a conscientização de sua equipe.
· Promover em conjunto com os Supervisores de Produção, a otimização dos fluxos produtivos, as ações de melhoria contínua, o levantamento de necessidades de treinamento.
· Acompanhar e fomentar o grau de polivalência de sua equipe.
ENVIAR CURRRÍCULO COM PRETENSÃO SALARIAL PARA:
MICHELE.FONSECA@FAURECIA.COM
NO ASSUNTO COLOCAR VAGA GERENTE DE PRODUÇÃO
Enviado por Antônio Luiz Sampaio Gomes

Tourinho afirma que Micareta serve como balcão de negócios para vereadores governistas

O vereador Roberto Tourinho (PSB), durante pronunciamento em sessão da Câmara Municial, nesta semana, denunciou que na Micareta de Feira de Santana vereadores da base governista são beneficiados com cotas para indicar pessoas que prestam serviços à Prefeitura durante o evento.
Segundo ele, na terça-feira, 26, em seu gabinete, foi uma verdadeira peregrinação de pessoas desavisadas solicitando uma carta para trabalhar nos portões da festa e em outras áreas afins da administração municipal.
"Eu lamento que o governo faça disso moeda de troca. Uma cidade como Feira de Santana, com meio milhão de habitantes, onde vereadores que deveriam naturalmente apoiar o governo pelos seus princípios que defendem, se sujeitem a receber essas migalhas como barganha política. Lamento que vereadores que nós esperávamos e esperamos que tenham um comportamento compatível com a grandeza do município transformem os seus mandatos em balcão de negócios, vendam as suas consciências na defesa de um governo que a cada dia que passa se afunda na podridão", declarou Tourinho, salientando que "essa atitude é típica de uma administração que anda mal".
(Com informações da Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal)

Dia Mundial do Desafio 2011

O Sesc, em parceria com a Prefeitura de Feira de Santana, a Trim & Fitness International Sport For All Association (Tafisa), e a Federación Panamericana de Deporte Para Todos (Fepadet), convida a população de Feira de Santana para participar do Dia Mundial do Desafio 2011, a realizar-se no dia 25 de maio de 2011.
Neste dia, pessoas de todas as idades se envolvem em uma competição amigável entre cidades do mesmo porte, na tentativa de mobilizar a maior porcentagem de participantes em torno da idéia de praticar pelo menos 15 minutos consecutivos de qualquer atividade física ou esportiva como dançar, jogar, brincar, correr, caminhar, nadar e tantas outras atividades do cotidiano, sem estipular restrições quanto às modalidades escolhidas ou aos locais. Pode ser em casa, no trabalho, na escola, na igreja, em qualquer lugar.
É salientada a importância de, logo após fazer a atividade, entrar em contato com a central de recepção de dados que contabilizará a sua participação. Em Feira de Santana isso poderá ser feito através dos telefones (75) 3622-1550 e (75) 3221-5079, que também são os telefones para informações gerais sobre o evento e cadastro antecipado das instituições. Além disso, disponibilizamos o e-mail feira@sesc-ba.com.br e o site http://www.diadodesafio.com.br/, para melhor conhecer o evento e tirar as suas dúvidas.
Sendo Feira de Santana hexacampeã e participando pela sétima vez deste evento mundial, a população é convidada para que, na última quarta-feira de maio, 25, dedique 15 minutos consecutivos à prática da atividade física em benefício da saúde.
Espera-se que esta mobilização se caracterize como um despertar e ponto de partida para a adoção permanente de um estilo de vida mais saudável.
Participe você também desse desafio mundial!
Não esqueça de registrar a sua participação pelos telefones: 3622-1550 e 3221-5079
"Dia do Desafio, você se mexe e o mundo mexe junto!"
(Com informações do Centro Sesc Feira de Santana)

GBarbosa realiza "Dia D" de vacinação contra a gripe

Em parceria com Secretarias Municipais de Saúde, a rede supermercadista GBarbosa vai disponibilizar neste sábado, 30, um Posto Volante de Vacinação Contra a Gripe em suas lojas em Sergipe, Bahia e Alagoas. Na Bahia, nas lojas de Paulo Afonso, em Feira de Santana na loja Hiper Rodoviária, também em Esplanada e Valença. Podem se vacinar idosos a partir de 60 anos, gestantes e crianças de seis meses a dois anos. O atendimento será das 8 às 17 horas, com profissionais de saúde especializados.

A 13ª edição da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, promovida pelo Ministério da Saúde, estima a vacinação de cerca de 30 milhões de pessoas até o dia 13 de maio. Desde a implantação da vacina contra a gripe há 13 anos, as internações por pneumonia tiveram uma redução de 60%.
(Com informações de Marlla Farias, da AC Comunicação)

Seminário "Isto É Rotary" em Jacobina

A cidade baiana de Jacobina, no dia 7 de maio, aguarda rotarianos locais e do Distrito 4390 para o seminário "Isto É Rotary". "O evento quer mostrar o que faz o Rotary, seu papel na melhoria das comunidades locais e da grande aldeia global", considera o governado 2010-2011 Hugo Dórea.

O seminário é aberto a pessoas de liderança da região e a todos os rotarianos. "Participe desta excepcional oportunidade de conhecer mais a nossa missão e compartilhar melhores práticas para ajudar o seu clube a fazer o que o Rotary faz melhor: "Fortalecer Comunidades – Unir Continentes!", encerra Hugo Dórea.

Semana do Trabalhador entre 17 a 20 de maio

No domingo, 1º de maio, é comemorado o Dia do Trabalho, momento em que "reconhecemos e valorizamos os trabalhadores, pessoas que são a mola mestra da nossa economia, contribuindo efetivamente para o crescimento deste país".

O Sesc Feira de Santana, juntamente com o Cerest, Sicomfs, Senac, Prefeitura Municipal e demais entidades envolvidas, em comemoração a esta data, promovem a Semana do Trabalhador, evento que homenageia os trabalhadores com uma programação baseada no Projeto Saudável Cidadão, em prol de uma vida mais saudável, segura e ética, e cujo objetivo é atender pessoas de Feira de Santana e região, trazendo informações e mostra de serviços gratuitos com o intuito de contribuir para o pleno exercício da cidadania.

Período: 17 a 20 de maio de 2011

Horário: Das 8 às 17 horas

Local: Estacionamento em frente do Paço Municipal Maria Quitéria

(Com informações de Maria Teresa Gomes Cerqueira, gerente da Unidade Sesc)

Vaga na PepsiCo

Vaga para Analista de Departamento Pessoal da PepsiCo. Veja perfil abaixo. O salário está em torno de R$3000,00.

ANALISTA DE DEPARTAMENTO PESSOAL
Responsabilidades:
· Efetuar cálculos e analise de encargos sociais e trabalhistas; emitir Guias de encargos e programar pagamentos.
· Realizar desligamentos de funcionários, calcular rescisão, recolher FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), sobre rescisão. Realizar descontos pertinentes ao desligamento na rescisão, emitir documentos relativos ao processo de desligamento, atualizar carteira de trabalho no desligamento, homologar as rescisões contratuais perante a Sindicatos e Ministério do Trabalho
· Atuar como preposto(a) em Reclamatórios Trabalhistas.
· Efetuar lançamentos de valores na movimentação da folha de pagamento.
· Gestão de banco de horas, escalas de turno e ponto eletrônico.
· Gestão dos benefícios.
· Realizar Informações Anuais de RAIS (Relação Anual de Informação Social) e DIRF (Declaração do Imposto de Renda na Fonte).
· Efetuar recolhimento de Imposto de Renda e Contribuições a sindicatos. Atualizações de Eventos (rubricas) para calculo de folha de pagamento.
· Emitir relatórios mensais com informações de movimentações de funcionários e realizar divulgação as áreas afins.
Formação:
· Superior Completo ou cursando em administração ou áreas afins.
Experiência:
· Domínio de cálculo de folha de pagamento.
· Escalas de trabalho e ponto eletrônico.
· Admissões, rescisões de contrato, homologações, férias.
· Recolhimento de encargos e impostos.
· Domínio de legislação trabalhista e previdenciária.
Contato: Renata Barreto - Recursos Humanos
Fone: + 55 71 2107 0026
Cel: + 55 71 8117-7134
http://www.timacagro.com.br

Enviado por Antôniuo Luiz Sampaio Gomes

Santa Casa de Misericórdia tem vitória na Justiça contra ICNB

Saiu publicado no "DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO", Nº 465, edição desta quinta-feira, 28 de abril de 2011, no Caderno 1, Página 207
Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia
Agravo de Instrumento nº 0004615-38.2011.805.0000-0
Agravante: Instituto de Cardiologia do Nordeste da Bahia
Advogado: Lucas Baldoino Rosas Biondi e outros
Agravado: Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana
Advogado: Aristótenes dos Santos Moreira e outros
Relatora: Rosita Falcão de Almeida Maia
DECISÃO:
Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana, inconformado com a decisão de fls. 949/951, que deferiu a suspensividade requerida pelo Instituto de Cardiologia do Nordeste da Bahia, apresentou pedido de reconsideração às fls. 1169/1172.
Assevera que a decisão que concedeu a suspensividade não pode ser mantida, vez que está causando prejuízos para a comunidade feirense. Isto porque estando a agravante na posse do bem, deixou de prestar os serviços médicos à comunidade, tendo, noticiado o fato, inclusive, no seu site (www.icnb.com.br).
Ressaltou a ocorrência de festas na cidade e o aumento da necessidade de atendimentos cardiológicos. Por fim, requereu a reconsideração da decisão e consequentemente a reintegração imediata da Santa Casa de Misericórdia no bem litigioso.
Voltaram-me os autos conclusos.
É o breve relatório.
O pleito de reconsideração merece prosperar.
Como dito na decisão de fls. 949/951 uma das preocupações desta Relatora era com o atendimento médico à Sociedade, conforme se percebe do trecho transcrito:
"Destaque-se que apesar da alegação da agravada de descumprimento contratual, tal descumprimento cingiu-se a aspectos econômicos, inexistindo qualquer alegação quanto à ausência de prestação de serviços médicos à sociedade de Feira de Santana. E este ponto merece especial atenção, posto que o contrato em pauta não tem repercussão apenas para partes, mas para toda a coletividade, uma vez que se trata de serviços médicos, portanto essencial." (fls. 950).
Inicialmente o agravante deixou claro, inclusive com as provas acostadas, que a questão era meramente econômica, não envolvendo ausência de fornecimento de serviços à comunidade, sendo este um dos principais argumentos para a sua manutenção no bem, ou seja, a solução de continuidade dos serviços de ponta oferecidos. Contudo, a Santa Casa de Misericórdia/agravada demonstrou que este quadro hoje é completamente diverso, trazendo ao conhecimento desta Relatora o relato do agravante acerca da paralisação do fornecimento dos serviços, como se vê no endereço eletrônico do instituto (http://www.icnb.com.br/verNoticia.php?idNoticia=19).
Neste texto publicado o agravante afirma:
"(…) Não obstante os serviços de relevância incontestável prestados aos pacientes, o ICNB foi surpreendido por sucessivas medidas adotadas pela administração da Santa Casa que prejudicaram a continuidade de suas atividades e atentaram gravemente contra a credibilidade da instituição e de seus membros diretores, como a suspensão indevida dos repasses financeiros e o ingresso de uma ação de reintegração de posse junto à Justiça, sem que esgotassem as possibilidades de negociação com a diretoria do Instituto.
Entendendo que (1) o respeito e o cuidado com a vida humana são superiores a qualquer questionamento de ordem contratual ou econômica e que (2) o litígio que ora se encaminha na Justiça - a quem compete julgar o mérito da questão - não poderia afetar ou prejudicar a população que tanto vinha se beneficiando dos seus serviços, o ICNB manteve-se funcionando, apesar da crise financeira a que foi levado pelas medidas unilaterais intencionalmente tomadas pela Santa Casa de Misericórdia, visando asfixiar o Instituto.
A partir de uma decisão do Tribunal de Justiça da Bahia, que determinava a suspensão da liminar que o obrigava a desocupar as instalações do D. Pedro no prazo de 72 h, o ICNB voltou a funcionar no dia 13/04, tentando restabelecer seus serviços gradativamente, a exemplo do Pronto Atendimento 24 h e da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).
Entretanto, diante das manobras adotadas pela administração da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana para inviabilizar a operação e o funcionamento do ICNB, inclusive com a promoção de acusações infundadas através dos veículos de comunicação locais - ações estas que achincalharam a imagem do Instituto e comprometeram acintosamente a reputação de seus membros - , o ICNB não conseguiu crédito suficiente para viabilizar a plena retomada dos seus serviços e, diante da total falta de recursos financeiros para lastrear suas atividades, sua diretoria decidiu encerrar na data de hoje seus serviços. (…)" (grifamos).
Desta forma, incontestável que a situação fática apresentada é prejudicial para toda uma comunidade, motivo pelo qual a reconsideração da decisão se impõe.
Isso posto, diante do quadro fático, não subsiste a alegação de perículum in mora em favor do agravante, ao contrário o periculum in mora é inverso, pois a ausência de prestação de serviços médicos comprometerá a sociedade feirense, bem como a própria agravada, uma vez que a agravante admite que por fás ou por néfas já encerrou suas atividades naquele nosocômio, motivo pelo qual reconsidero a decisão atacada para manter a decisão proferida pelo magistrado de piso.
Em consequência da reconsideração, revogo a suspensividade concedida, e, não vislumbrando qualquer perigo de lesão grave e de difícil reparação, converto o agravo de instrumento em retido, determinando a remessa dos autos ao juiz da causa, nos termos do artigo 527, inciso II, do Código de Processo Civil.
Publique-se. Intimem-se.
Salvador, 27 de abril de 2011.
Rosita Falcão de Almeida Maia
Relatora

"Moradores denunciam casa alugada pela Prefeitura que serve de abrigo para vândalos"

De acordo com a professora Marlede Oliveira, indivíduos já invadiram outras casas que fazem divisa com a residência, assaltando pessoas e roubando objetos de imóveis

Uma casa situada na rua Hermenegildo, bairro Capuchinhos, nº 358 e segundo moradores, alugada pela Prefeitura de Feira de Santana está abandonada há mais de um ano, trazendo transtornos a população.
O local está sendo utilizado por vândalos e usuários de drogas e de acordo com a professora Marlede Oliveira, indivíduos já invadiram outras casas que fazem divisa com a residência, assaltando pessoas e roubando objetos de imóveis.
Segundo o morador Oderlan Passos, a Prefeitura paga ao proprietário da casa todo mês o valor de R$ 800, mas o local não é utilizado. O imóvel seria alugado para torna-se Centro de Atenção Psicossocial (Caps).
"Nós temos medo até de abrir a garagem de nossas casas para entrar, é tanto marginal que não sabemos o que vai acontecer, inclusive já arrombaram a grade da casa e entram, e saem como se fossem os donos do local", disse.
Oderlan Passos já entrou em contato com a Secretaria de Serviços Públicos, mas foi informado que a única medida a ser tomada era a limpeza do local que está repleto de lixo e mato. Mesmo assim, até o momento nada foi feito.
Fonte: Site do programa "Acorda Cidade"

Dia das Mães - Campanha da Editora Vida



Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe

Vídeo da campanha nacional do Ministério da Saúde de Vacinação Contra a Gripe.
Assista:

http://www.youtube.com/watch?v=juwlzuFyP2k
Parceria do Blog Demais

Enviado por Gabriella Vieira

Núcleo de Comunicação Interativa
Ascom - Gabinete do Ministro
Ministério da Saúde

Blog Demais participa do Prêmio Top Blog Brasil 2011

O Blog Demais está inscrito no Top Blog Prêmio, um sistema interativo de incentivo cultural destinado a reconhecer e premiar, mediante a votação popular e acadêmica (júri acadêmico) os blogs Brasileiros mais populares, que possuam a maior parte de seu conteúdo focado para o público brasileiro, com melhor apresentação técnica específica a cada grupo (Pessoal, Profissional e Corporativo) e categorias. As inscrições para participação na Edição 2011 do Prêmio Top Blog foram abertas no dia 20 de abril.
REALIZAÇÃO E PROMOÇÃO
Top Blog é uma iniciativa da Insere Comunicação WEB Ltda em parceira com a MIXMD, divisão de comunicação digital da MIX Comunicação: Rádio, TV, Internet que pertence ao Grupo OBJETIVO/UNIP, o maior grupo de educação do País.
Durante os períodos de votação, os internautas poderão escolher e votar em um ou mais candidatos (BLOG) em diferentes grupos e categorias considerando-se válidos apenas UM voto por internauta. Entende-se "internauta" a pessoa física proprietária de um cadastro de eleitor válido e legítimo no Top Blog Prêmio ou de uma identidade digital autenticada nas redes sociais: Facebook, Orkut e Twitter.
PRIMEIRO TURNO - SELEÇÃO TOP100 "OS INDICADOS" - Júri Popular
O período de votação do PRIMEIRO TURNO pelo Júri Popular (Internauta) é do dia 20 de maio de 2011, às 2 horas pm até 11 de outubro de 2011, às 11h55 pm, horário de Brasília.
No primeiro turno quem seleciona e indica por meio de voto eletrônico é o internauta representando o Júri popular. Nesta fase são selecionados os TOP100 (Cem Blogs em cada grupo e categoria que receberem o maior número de votos).
Encerrada a votação do PRIMEIRO TURNO, no dia 11/10/2011, será divulgada no dia 22/10/2011 no site do Prêmio a lista dos 100 blogs mais votados em cada categoria de cada grupo, por ordem alfabética. Caso não tenham 100 blogs entre os votados por categoria, serão exibidos quantos blogs tiverem votos.
Todos receberão o SELO TOP100 "OS MAIS VOTADOS" JURI POPULAR e automaticamente passam a concorrer ao SEGUNDO TURNO.
SEGUNDO TURNO – ELEIÇÃO TOP3 "OS FINALISTAS" - Júri Popular e Acadêmico
O período de votação do SEGUNDO TURNO pelo Júri Popular (Internauta) e avaliação pelo Júri Acadêmico é do dia 22 de outubro de 2011, às 2 horas am até 22 de novembro de 2011, às 11h55 pm, horário de Brasília.
No Segundo Turno somente participam da eleição JURI POPULAR os Blogs eleitos TOP100 "OS MAIS VOTADOS" em cada grupo e categoria que receberem o maior número de votos no Primeiro Turno.
ATENÇÃO: Os votos do PRIMEIRO TURNO não serão computados para o SEGUNDO TURNO, assim sendo: serão zerados os votos dos selecionados TOP100 quando passam para a segunda fase TOP3, concorrendo todos em igualdade no segundo turno.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Depois do sim

Arquiteta dá dicas de como montar a casa dos sonhos do casal

1. Se casal for morar inicialmente em uma casa de aluguel, a arquiteta Estela Netto indica decorar o espaço com móveis de design que são atemporais
2. A marcenaria e a iluminação são itens que se devem priorizar na decoração da casa própria
Fotos: Divulgação

Com o casamento do príncipe Willian e Kate Middleton chegando e o mês das noivas batendo aí na porta é claro que as pessoas que estão noivas ou prestes a se casar estão com as atenções voltadas para o tema com o intuito de se inspirar ou mesmo tirar suas dúvidas.
Com certeza, a montagem da casa é uma das questões que mais tira o sossego dos recém-casados. Para que essa etapa da vida seja algo prazeroso e bom de se lembrar, o ideal mesmo é projetar a decoração. "Mesmo que o casal não tenha condição de executar todo o projeto de uma vez, o ideal é ter pelo menos uma diretriz do que comprar e do que fazer para que pessoa economize e ainda tenha uma decoração bacana", explica a arquiteta Estela Netto.
Para aquelas pessoas que vão decorar a casa aos poucos a arquiteta dá uma dica: "Para esses casos é bom que o arquiteto faça um projeto atemporal. Se a casa for própria, comece a decorá-la pela marcenaria e iluminação. Itens que são essenciais, exigem obra e tem um custo mais alto. Os outros elementos podem ser dispostos na casa aos poucos. A pessoa contrata o profissional para fazer o projeto como um todo e à medida que os clientes possam adquirir as peças o arquiteto vai os assessorando".
Já para aqueles casais que, assim como príncipe Willian e Kate Middleton, vão morar inicialmente em uma casa de aluguel a dica é exatamente o contrário: "A pessoa não deve investir em marcenaria nem iluminação fixa porque é provável que não possam utilizá-lo em outra morada. O bom é investir em móveis de design que são atemporais e vão ficar bons em qualquer ambiente".
Agora se a dúvida do casal é conciliar dois perfis e estilos completamente diferentes em um só, Estela Netto tranquiliza. "O escritório de arquitetura é o lugar que o casal terá o tempo necessário para pensar e discutir sobre a casa. Coisa que normalmente é difícil de fazer no dia a dia tão conturbado quanto o nosso. O melhor jeito de chegar a um consenso é conversando e quando se tem um auxilio de um profissional dizendo o que vai se adequar melhor ao espaço, normalmente, se chega a um consenso", finaliza.
(Com informações de Ana Paula Horta e Fernanda Pinho, da Mão Dupla Comunicação)

"O cinema baiano se mexe..."

Por Tuna Espinheira

"Gosto muito de uma assertiva do Nelson Pereira dos Santos: 'A historia do cinema brasileiro é a historia das suas crises'. Na Bahia a saga da sétima arte não poderia ser diferente. Entretanto, nunca é demais lembrar o ciclo de ouro, entre o final da década de 50 e meados de 60, quando se deu o momento mais sólido e exitoso das produções de filmes de longa metragem, iniciada com Redenção, de Roberto Pires. A última destas realizações (o meu ver, emblemática), foi o filme O Grito da Terra, de Olney São Paulo, todo rodado e produzido na cidade do interior do Estado, Feira de Santana.
A famigerada ditadura militar desmobilizou e colocou uma pá de cal neste ciclo, redundando na romaria para o sul maravilha, da maioria dos técnicos e cineastas locais. O combalido cinema baiano amargaria um agônico período de vacas magras, duas décadas sem produzir filmes de longa metragem.
No momento, a convite de Jorge Alfredo, uma representação, bastante significativa dos cineastas da boa terra, toparam se reunir (coisa raríssima), para debater e dirimir as questões substanciais do meio. Após muitas trocas de figurinhas e debates via internet, foi resolvido urdir um documento dirigido ao governador do Estado solicitando reparos na política cultural dirigida ao nosso cinema.
De todos os pólos de cinema, afora os Golias, Rio/São Paulo, a Bahia é o menor dos pequeninos. Parte pela ausência de políticas públicas para o segmento e da inércia de ações dos próprios cineastas que agora se mexem.
Para finalizar, falo agora em meu próprio nome: é necessária a urdidura de uma política cultural adequada ao segmento do nosso cinema. Não basta filmar, os filmes tem de chegar às telas, seu habitat natural. O FUNDO DE CULTURA, onde dizem, mora o dinheiro, precisa ter regras mais claras, e diria mais democráticas, para o acesso dos projetos. A burocracia reinante nestes cantos é insuportável. Parafraseando Noel Rosa: os cineastas da terrinha não querem abafar ninguém, só querem mostrar que fazem cinema também. Fiat lux..."
Texto publicado no jornal "A Tarde" e replicado pelo "Setaro's Blog"

Entrevista sobre desarmamento

Por Bruno Pontes

Imediatamente após a chacina de Realengo, o Governo Federal anunciou que antecipará a nova campanha em favor do desarmamento com o argumento de que uma população armada é uma população violenta. Contra essa tese trabalha o advogado paulista Bene Barbosa, presidente do Movimento Viva Brasil, associação empenhada em proteger o direito ao uso de armas para defesa da vida e da propriedade e que agora como em 2005 redobra os esforços para desmistificar a propaganda oficial.
Nesta entrevista, Bene salienta que "o Nordeste tem o menor número de armas legais, de acordo com a Polícia Federal, e hoje desponta como a região mais violenta do país" e que países como Inglaterra, Canadá e Portugal viram a criminalidade crescer após restringir o uso legal de armas. O advogado destaca também o exemplo da armada e pacata Suíça, que disse não ao desarmamento no referendo realizado em fevereiro passado, assim como fizeram os brasileiros no referendo de 2005, contra a vontade do governo.
Bruno Pontes - Como você avalia a retomada da campanha de desarmamento pelo governo?
Bene Barbosa - Totalmente oportunista e inescrupulosa. Utilizar a morte de crianças pelas mãos de um psicótico é jogar baixo demais. Todos eles sabem, e sabem muito bem, que não haveria lei capaz de deter um maníaco que passou meses se preparando. Há uma enorme desonestidade em tentar ligar a posse legal de armas com o que ocorreu
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirma que "uma população armada é uma população violenta". Essa alegação tem fundamento?
Não há nada que prove isso. Muito pelo contrário. O Nordeste, infelizmente, é um grande exemplo disso. Nesta região há o menor número de armas legais, de acordo com a Polícia Federal. Além disso, Sergipe, Alagoas e Paraíba foram os estados que mais entregaram armas nas campanhas de desarmamento. E hoje o Nordeste desponta como a região mais violenta do país, sendo que Alagoas é a campeã nacional de homicídios.
Exemplos internacionais são ainda mais abundantes. Os EUA possuem 270 milhões de armas nas mãos da população e são apenas 5 homicídios por 100 mil habitantes. O Brasil tem 4 milhões de armas legais e uma taxa de 27 homicídios por 100 mil habitantes. Outros exemplos dessa total falta de relação entre armas e violência são Suíça, Finlândia, França e até nossos vizinhos Argentina e Uruguai, mesmo tendo legislações que não impedem que um cidadão possua e até mesmo porte armas, inclusive de calibres considerados restritos no Brasil. Restritos para o cidadão, pois vemos diariamente os criminosos armados com o que há de mais moderno.
O Estatuto do Desarmamento trouxe algum benefício para o país?
Que me perdoem a ironia em assunto tão sério, mas só se for mais segurança para os criminosos que hoje invadem casas, empresas, sítios com muito mais segurança de que não encontrarão ali alguém não só disposto a enfrentá-los como devidamente armado para isso. O governo não tem moral para se colocar como monopolista da coragem. Defender ou não a minha vida, o meu patrimônio e principalmente a minha família é uma decisão consciente minha e, repito, não aceito que o governo exija a minha rendição perante os criminosos.
O governo afirma que o número de homicídios em alguns estados, como São Paulo, caiu por causa do Estatuto do Desarmamento. Essa relação de causa e efeito faz sentido?

Isso é uma enorme mentira. O chamado Estatuto do Desarmamento foi aplicado igualmente em todos os estados, uma vez que é uma lei federal. Aliás, em alguns estados, por decisão das superintendências da Polícia Federal, o direito de comprar uma arma legalmente está sendo cerceado. Em um levantamento feito pelo Movimento Viva Brasil, após recebermos várias denúncias de cidadãos que não estão tendo o seu direito respeitado, constatamos que Pernambuco, Acre, Rondônia, entre outros, nem sequer autorizam a compra de armas legais. O que fez a diferença em São Paulo é uma política de segurança pública continuada com o investimento de bilhões nos últimos anos, o que resultou na aplicação da lei penal. Hoje São Paulo tem 40% de todos os presos do Brasil. São Paulo mostrou o caminho contra o crime, que é diminuir a impunidade.
Com a queda expressiva em São Paulo tivemos um reflexo direto na média nacional, o que em um primeiro momento leva a crer que houve uma queda, porém com a divulgação dos homicídios de 2008, o Brasil volta a ter mais de 50 mil homicídios, assim voltando a ter os mesmos índices de antes do desarmamento.
Apesar da pressão do governo e de ONGs, os brasileiros rejeitaram o desarmamento no referendo de 2005, mas os esforços para retirar as armas da população continuam. Quem financia essa campanha e com quais interesses? Há financiamento do exterior?
Basicamente são financiadas pelo próprio governo, com o dinheiro de nossos impostos e de ONGs internacionais, como por exemplo a Fundação Ford. Os interesses realmente não são claros, há uma cortina de fumaça sob a égide da segurança pública.
O novo ministro do STF, Luiz Fux, fez uma declaração surpreendente: para ele, o governo deveria simplesmente entrar na casa das pessoas e tomar as armas.
Uma declaração desta já preocuparia se fosse dita por qualquer pessoa; quando vem de alguém que foi escolhido para defender o Estado de Direito, é assustador e pode apontar para o caminho de um Estado Policial, onde nenhuma liberdade individual será respeitada em um futuro próximo.
O ministro precisa relembrar o passado de seu povo. Os judeus foram desarmados na Alemanha nazista e todos sabemos o que aconteceu. Há inclusive em nosso site a tradução de um artigo sobre o assunto: (http://www.mvb.org.br/campanhas/desarmamentonazista.php).
Há casos de países que tenham se desarmado e visto a criminalidade aumentar?
Vários! Inglaterra, Austrália, Portugal, Canadá e França, entre outros, adotaram sérias restrições às armas legais e tiveram crescimento da criminalidade. Vários deles já começam a rever essa legislação, tornando-a menos restritiva. Portugal e França são dois exemplos disso. O Brasil, por outro lado, continua aplicando a mesma fórmula esperando ter um resultado diferente. Isso não acontecerá e eles sabem disso.
Em fevereiro passado a Suíça rejeitou a proposta de desarmamento. O Brasil tem o que aprender com o caso suíço?
A lição mais importante do referendo na Suíça, que também disse não ao desarmamento, foi simplesmente ignorada pela maioria da imprensa nacional e é que desarmamento não tem nenhuma relação com a criminalidade! Ou será que alguém ousa dizer que a Suíça é um país violento que precisa ser desarmado? Os mesmos patrocinadores do desarmamento de lá atuaram aqui. Aqui era para diminuir os homicídios; e na Suíça? Qual a desculpa? Exatamente o inverso. Diziam os desarmamentistas lá que já que não havia criminalidade, não havia motivo para se ter armas. Eles adequam suas falácias de acordo com o seu público. Isso mostra a desonestidade dos argumentos.
Como nasceu sua militância contra o desarmamento e o Movimento Viva Brasil?
Eu pessoalmente comecei a me interessar pelo assunto lá pelo ano de 1995, quando o então presidente Fernando Henrique introduziu a ideia de desarmamento no Brasil nos moldes propostos pela ONU. Em 2003, com a aprovação do ineficaz Estatuto do Desarmamento e a proximidade do referendo de 2005, percebemos que precisávamos de algo mais profissional e então fundamos o Movimento Viva Brasil. Lembrando que embora sejamos uma ONG não contamos com dinheiro público e nem com isenção fiscal como contam as ONGs desarmamentistas. Isso foi uma escolha exatamente para mantermos a nossa independência de atuação. Afinal, quem paga, manda.
Hoje nossa principal atuação é ser a voz contra o discurso "politicamente correto" do desarmamento e em defesa da liberdade individual. Não aceitamos um Estado que nos trata como crianças. Que a todo momento tenta impor aquilo que acredita ser melhor. Lembrando que impor o bem é uma das piores formas de se promover o mal. E podem acreditar, o desarmamento não tem absolutamente nada de bom.
Publicada no jornal "O Estado"
Bruno Pontes é jornalista - http://brunopontes.blogspot.com/
Fonte: "Mídia Sem Máscara"

"PMDB-RJ: Curva descendente"

Por Cesar Maia

1. É um risco ter uma pesquisa na mão, tratando de ontem, e pensar que essa é uma situação permanente. As eleições de 2010 deram nítidos sinais que o PMDB-RJ começou sua trajetória declinante. A votação para governador foi uma nuvem de fumaça que ocultou os problemas. Afinal, concorreu sozinho. Mesmo com todo o esforço realizado - recursos, propaganda e campanha - não conseguiu colar em si seu candidato a senador.
2. A bancada regional declinou de 18 deputados estaduais, ou 25,7% da Assembleia Legislativa, para 12, ou 17,1%. Os deputados federais orgânicos eleitos pelo PMDB foram três (Leonardo, Washington e Cunha). Antes, os sinais já eram claros na Região Metropolitana. Dos municípios metropolitanos, apenas um (Queimados) tem prefeito do PMDB.
3. A capital é um caso transgênico, mas, assim mesmo, a Prefeitura tendo lançado apenas um candidato a deputado federal, com todos os recursos e dobradinhas, este obteve 104 mil votos, 25% dos lançados pela Prefeitura anterior em 2006 ou menos de 50% dos votos do principal. O carro chefe da Prefeitura - o Choque de Ordem - apesar de todo o destaque do noticiário, mesmo concentrado na Zona Sul, viu seu gestor, que teve todos os holofotes, até capa de revista, chegar em 12º lugar na região e o candidato da Prefeitura em 18º.
4. O PMDB, na capital, comete dois pecados mortais. Primeiro, a perseguição aos servidores, com medidas mesquinhas, tacanhas e capilares. São quase 200 mil, incluindo ativos, aposentados e pensionistas. Segundo, confundindo, sadicamente, lei e ordem com repressivismo, construindo uma percepção de humilhação dos mais pobres e abrindo espaço, no contato local, à extorsão.
5. E ainda terá que superar a disputa do candidato a vice, já que o PT com cinco deputados federais orgânicos e um senador com enorme votação, o PT, entenderá que cabe a ele a vice, o que o PMDB - máquina não aceitará.
6. O PMDB não terá candidato competitivo em 2014 pelas características não competitivas de quem seria o candidato natural. Mas abriu espaço para o PT contar com um forte candidato, em função da eleição ao Senado. E do PR voltar forte. Em 2012, o PMDB, nos municípios do interior, tende a ficar ainda menor. Por exemplo, a perda de Macaé é inevitável, assim como a expansão de seus opostos, (PR, DEM, PSDB).
7. E os sinais de desgaste de material são evidentes, apontando para a perda ampla de poder em 2014, a partir de 2012.
Fonte: "Ex-Blog do Cesar Maia"

"PT se despede do discurso do passado e vê a incompetência apelar à privatização dos aeroportos"

Nada como o tempo - a vida é uma sequência de fatos e nada como um dia após o outro, pois dizem os mais experientes que o tempo é o senhor da razão. Nos longos anos em que gazeteou contra os ocupantes do poder, o Partido dos Trabalhadores não cansou de defender a estatização de forma generalizada. De bancos a setores essenciais da economia, tudo era, na opinião míope dos petistas, passível de privatização.
Sem ter como chegar ao poder, o PT descobriu que rasgando o discurso pretérito e embarcando na toada política nacional o sonho tornar-se-ia realidade em pouco tempo. Para tal foi preciso se render ao dinheiro dos banqueiros, os mesmos que no passado foram alvo de críticas anticapitalistas. Circulando pelas raias do capitalismo com a intimidade de um direitista qualquer, o staff petista passou a fazer exatamente aquilo que condenou. Envolveu-se em seguidos escândalos de corrupção, deixou-se embriagar pelas benesses do poder, usou o Estado para fazer negócios escusos e, acima de tudo, foi obrigado a lançar mão das privatizações para camuflar a incompetência que há mais de duas décadas acompanha a legenda, sempre lembrando que para toda e qualquer regra há honrosas exceções.
Com a proximidade da Copa de 2014 e a profecia de Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, sobrevoando incessantemente o Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff decidiu deflagrar o processo de privatização dos aeroportos, o que para os contribuintes será um alívio, não sem antes ser uma luz no fim do túnel para os usuários da aviação comercial. Entre os aeroportos que terão a participação da iniciativa privada, os de Guarulhos e Campinas (Viracopos) estão na primeira lista. A contrapartida será aos empreendedores será a locação de lojas e o recebimento de parte das taxas aeroportuárias.
Na eleição presidencial de 2006, Lula da Silva consentiu que os petistas comandassem campanha mentirosa contra os tucanos, que na ocasião foram chamados de "privatistas". No rol de inverdades disparadas à época estava a de que o PSDB, voltando ao poder central, privatizaria a Petrobras, que nos últimos oito anos foi transformada em cabide de empregos do PT e serviu como pano de fundo para alguns companheiros cobrarem propinas ao bel prazer, como foi o caso de Silvio Pereira, o Silvinho, que realizou um sonho de consumo ao receber um veículo Land Rover de presente.
Fonte: "ucho.info"

"Um país com população bovina não precisa de gerente"

No "Selva Brasilis"

Não existe uma imprensa no mundo com tantos jornalistas ruins, incompetentes, burros e canalhas como a imprensa brasileira. O quase consenso armado para fazer Dilma uma gerente competente caiu por terra ontem depois do anúncio da efetiva privatização dos aeroportos. Reinaldo Azevedo escreveu um post de leitura obrigatória sobre Dilma. E Augusto Nunes resumiu Dilma perfeitamente: "Sem saber atirar, Dilma Rousseff virou modelo de guerrilheira. Sem ter sido vereadora, virou secretária municipal. Sem ter sido deputada estadual, virou secretária de Estado. Sem ter sido deputada federal ou senadora, virou ministra. Sem ter inaugurado nada de relevante, virou gerente de país. Sem saber juntar sujeito e predicado, virou estrela de palanque. Sem ter tido um só voto na vida, virou candidata à Presidência. Eleita, não precisou fazer nada para virar, em 100 dias, uma superadministradora obcecada pela perfeição. O Brasil nunca foi um país sério. Mas só neste começo de século virou piada".

"Governador de São Paulo retalia golpistas do Partido Sem Decência"

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), respondeu na terça-feira, 26, à articulação do prefeito paulistano Gilberto Kassab para formar o PSD. Numa mesma movimentação, abriu espaço no governo para o DEM e selou a saída do vice-governador Guilherme Afif da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O movimento de Alckmin deve garantir a reedição da aliança DEM-PSDB na eleição municipal de 2012, mas põe fim à histórica união dos dois grupos que dominaram a política de São Paulo na última década. As informações são do Estadão.
Após almoço com a cúpula do DEM ontem no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, Alckmin acertou passar a Secretaria de Desenvolvimento Social para o partido aliado, deslocando o então secretário Paulo Barbosa para a pasta de Afif. A negociação envolvendo as duas pastas foi antecipada nesta terça pelo Estado.
Indicado pelo DEM, o deputado Rodrigo Garcia assume o Desenvolvimento Social na segunda-feira, 2 de maio. A pasta é vitrine de projetos sociais do governo tucano, como o Bom Prato e o Viva Leite. Alckmin teria sinalizado ainda com a possibilidade de fortalecer outros programas da secretaria, como o Ação Jovem.
Fonte: www.acmneto.com.br

Vagas de emprego

Estamos avaliando as funções abaixo:
1. FARMACEUTICO
22 A 30 ANOS
FEMININO
EXPERIÊNCIA NA FUNÇÃO/ÁREA COMPROVADA OU ATRAVÉS ESTÁGIOS
2. TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO INDUSTRIAL
23 A 35 ANOS
EXPERIÊNCIA EM OBRAS COM ESTRUTURA METÁLICA
3. ELETRICISTA INDUSTRIAL
FORMAÇÃO TÉCNICA
23 A 35 ANOS
CURSO NR10 ATUALIZADO
EXPERIÊNCIA EM MONTAGEM DE PAINEL
4. MONTADOR INDUSTRIAL
FORMAÇÃO TÉCNICA
EXPERIÊNCIA NA FUNÇÃO/ÁREA
5. SOLDADOR INDUSTRIAL
23 A 35 ANOS
CURSOS NA ÁREA
EXPERIÊNCIA COM ELETRODOS
6. PINTOR INDUSTRIAL
23 A 35 ANOS
EXPERIÊNCIA NA FUNÇÃO
7. AUXILIAR MONTAGEM INDUSTRIAL
23 A 35 ANOS
CURSOS : SENAI OU CETEB (MECÂNICA INDUSTRIAL)
CONHECIMENTOS: ESTRUTURA METÁLICA
EXPERIÊNCIA NA FUNÇÃO/ÁREA
8. ALMOXARIFE (INDUSTRIAL)
22 A 35 ANOS
SEGUNDO GRAU COMPLETO
INFORMÁTICA BÁSICA
EXPERIÊNCIA NA FUNÇÃO/ÁREA
9. MONTADOR DE PRÉ-MOLDADOS
EXPERIÊNCIA NA FUNÇÃO/ÁREA
10. COSTUREIRO INDUSTRIAL
MASCULINO
EXPERIÊNCIA NA FUNÇÃO
11. ESTAGIÁRIO ENGENHARIA CIVIL
A PARTIR TERCEIRO SEMESTRE
OS INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO IDENTIFICANDO NO ASSUNTO A FUNÇÃO PARA: josi.recrutamentofsa@gmail.com OU PESSOALMENTE NA RUA CRISTOVÃO BARRETO, CASA 30 - CENTRO - FEIRA DE SANTANA-BA (APÓS O COLÉGIO PADRE OVÍDEO E AO LADO HOTEL SENADOR)
CONTATO COM JOSI: 75-3225-7773 (HORÁRIO COMERCIAL - SEGUNDA-FEIRA A SEXTA-FEIRA).
Enviado por Antônio Luiz Sampaio Gomes